1-0, MIN.31, TELLO ; 2-0, MIN.58, TELLO ; 3-0, MIN.83, TELLO
Classe de Jackson e frieza de Tello «mataram» leão
Magistral jogo de Tello esta noite.

Classe de Jackson e frieza de Tello «mataram» leão

No jogo grande da 23ª jornada da Liga NOS, o FC Porto recebeu e "despachou" sem grandes problemas a equipa do Sporting por 3-0. Imparável, Cristian Tello foi o homem do encontro apontando um «hat-trick» para júbilo do público presente no Estádio do Dragão.

leandro-dinis
Leandro Dinis

À partida para o encontro desta noite, ambos os clubes entravam em campo sob muita pressão: para os dragões a vitória do Benfica perante o Estoril indicava a total obrigação de vitória para manter acesa a luta pelo título. Para os leões a pressão vinha precisamente de jogar perante o segundo classificado (que estava a cinco pontos) e afastar-se do SC Braga, que ao vencer a sua partida perante o Rio Ave estava já a um ponto do terceiro lugar.

Os azuis e brancos foram superiores durante todo o jogo, sempre mais rápidos na pressão e recuperação de bola, sobretudo a meio-campo. A inclusão de Evandro resultou na perfeição para Julen Lopetegui, com o médio ex-Estroril a fazer a uma bela exibição como primeiro homem na fase pressionante, "secando" muitas vezes William Carvalho e Adrien Silva nas suas tentativas de construir jogo. No ataque, Tello e Jackson "espalharam" magia no relvado do Dragão.

A equipa do Sporting só nos primeiros dez minutos conseguiu sair algumas vezes para o ataque mas sem criar qualquer perigo. Apenas trocando Montero por Tanaka face à partida da Liga Europa, os leões demonstraram claros sinais de cansaço físico, mostrando-se sempre imponentes face ao poderio da equipa portista. Jogo muito pobre da equipa de Marco Silva que não atravessa um bom momento, vendo-se nas últimas semanas fora da Taça da Liga, fora da Liga Europa e completamente arredada da luta pelo título. Resta a Taça de Portugal para salvar a época.

Jackson abre caminho, Tello não perdoa

Dez minutos iniciais que prometiam um jogo equilibrado, com o «leão» a entrar com vontade de repetir a façanha da Taça perante os «dragões». Pois bem, autêntico fogo de vista. A partir de então o clube azul e branco tomou as rédeas do encontro e catapultou para uma vitória fácil

Tello, o homem do jogo.

Jackson ameaçou ao minuto 14', após boa recuperação de Evandro sobre Adrien, com o colombiano a rematar perto da baliza de Patrício. Quase se gritou golo ao minuto 30' quando Herrera, bem desmarcado por Danilo, senta Tobias Figueiredo e tenta o chapéu sem sucesso para desespero de Brahimi e Jackson, claramente melhor posicionados para alvejar a balizar. O inevitável aconteceu mesmo segundos depois e numa fantástica assistência de Jackson, que de calcanhar 'rasga' por completo a defesa leonina servindo Tello para o 1-0 no Dragão.

Mais do mesmo no segundo tempo

Esperava-se uma reação do Sporting na segunda parte mas essa nunca se veio a fazer sentir. A tendência não mudava com o intervalo e o domínio portista foi absoluto. Sempre mais rápidos, mais fortes e eficazes na altura de ter a bola nos pés foi sem surpresa que o segundo golo surgiu, numa fotocópia do 1º golo: assistência de muita qualidade de Jackson para nova excelente finalização de Tello perante Patrício, ao minuto 56'.

Dragões foram sempre mais fortes nas divididas.

Minutos depois foi Jackson quem esteve perto de fazer o seu merecido golo, num remate que passa a milímetros da baliza. Numa acentada Marco Silva tentou mexer com o rumo dos acontecimentos colocando Slimani e Capel para o lugar de Montero e Adrien. O resultado foi nulo, anímica e fisicamente a equipa estava já debilitada e não mais que se "arrastou" dentro de campo. Os 43 mil presentes no Dragão ainda foram presenteados com novo golo e outra vez por Cristian Tello. O "hat-trick" do espanhol surgiu em nova bela assistência, desta feita por Herrera e selou assim o resultado final em 3-0. Até final quase a confirmação de goleada mas o cabeceamento de Marcano esbarrou no ferro.

Consequências do "Clássico"

 Para a equipa vencedora, o seu trajecto neste campeonato continua. Estando a quatro pontos do líder Benfica, o FC Porto tentará aproximar-se o mais rapidamente possível da equipa de Jorge Jesus e, quem sabe, saltar para a liderança no próximo clássico a realizar no Estádio da Luz. Na próxima jornada os azuis e brancos jogarão na casa do SC Braga. Mas ainda há mais. A equipa de Lopetegui está também na luta pela Taça da Liga e Liga dos Campeões, onde vai bem encaminhada para os quartos de final.

Para o Sporting, a derrota de hoje vem complicar as contas do segundo lugar e ver a aproximação do clube de Braga ao terceiro posto, estando neste momento separados por apenas 1 ponto. Afastados na passada semana da Liga Europa, Marco Silva e os seus homens têm a obrigação de vencer a Taça de Portugal, competição em que estão nas meias-finais, com 1ª mão a ser jogada frente ao Nacional na próxima quinta-feira. Para o campeonato, o próximo jogo será em Alvalade perante o Penafiel.

VAVEL Logo
CHAT