Será a melhor época de Eduardo Salvio com a águia ao peito?
FOTO: NUNO FERREIRA SANTOS

Eduardo Antonio Salvio, argentino, 24 anos, natural de Avellaneda (Argentina), internacional A pelo seu país, está a realizar a melhor época com as cores encarnadas.

Na temporada de 2010-11, esteve emprestado ao Sport Lisboa e Benfica, tendo realizado boas exibições e deixado saudades nos adeptos benfiquistas. Na temporada seguinte, retornou ao Atlético de Madrid, apesar da tentativa do clube lisboeta mantê-lo no seu plantel.

No dia 31 de julho de 2012, após uma boa temporada no Atlético, foi finalmente comprado em definitivo pelo Benfica, por um valor a rondar os 11 milhões de euros por 80% do passe do atleta, com uma cláusula de rescisão fixada em 60 milhões de euros.

O jogador formado no Lanús, depois de duas grandes épocas ao serviço das águias, ninguém esperaria que conseguisse fazer muito melhor, mas na realidade é o que tem acontecido. A par do seu companheiro e artilheiro-mor, Jonas, tem sido dos jogadores mais regulares no plantel encarnado e aquele que dificilmente veremos a praticar mau futebol - apesar de, na ausência de Gaitán, ter sido incapaz de tomar as rédeas do pensamento ofensivo encarnado.

Neste momento, o extremo direito já leva 2786 esta época, juntando todas as competições e jogos disputados (oficiais e não oficiais), Salvio tem-se aguentado esta carga enorme de jogos sem qualquer lesão e mazela. Ao invés da época passada, em que teve um gravissima lesão no joelho, no jogo diante do Sporting. Pouco depois, Salvio voltaria a lesionar-se, tendo partido o braço, apesar das lesões, em todos os jogos que disputou, o compatriota de Dí Maria, apresentava um futebol de invejar os melhores do mundo.

Toto Salvio, desde que entrou nas portas da Luz, é um jogador bastante querido por parte dos adeptos e do seu Treinador (Jorge Jesus), principalmente pela sua entrega ao jogo e nunca dando um lance por perdido. Esta época, ainda mais do que qualquer outra, o jogador encarnado tem agradecido ao publico da melhor maneira, tendo conseguido colocar a bola na baliza adversária por doze vezes (oito na Liga, um na Champions, um na T.Portugal e dois na T. da Liga).

VAVEL Logo