Belenenses: Lito Vidigal critica discurso «egoísta» de Rui Pedro Soares
Foto: Pedro Ferreira

Belenenses: Lito Vidigal critica discurso «egoísta» de Rui Pedro Soares

O treinador do Belenenses mostrou-se agastado com as declarações do presidente da SAD do clube do Restelo, criticando o discurso «egoísta» e «demagógico» de Rui Pedro Soares e afirmando que tais palavras apenas perturbam o trabalho técnico da equipa. Pelo meio, deixou recados a quem pensa apenas em «alguns punhados de euros».

vavel
VAVEL

Ruptura à vista no reino do Restelo, uma vez que o presidente da SAD belenense e o treinador estão, ao que tudo indica, de costas voltadas e em prismas totalmente diferentes, o que apenas vem confirmar o prolongado mau-estar sentido entre a administração do clube e a equipa técnica, liderada por Lito Vidigal.

O treinador angolano, que tem sido continuamente elogiado pelo bom trabalho desenvolvido ao leme do Belenenses, mostrou-se hoje bastante agastado com os comentários do presidente da SAD, Rui Pedro Soares, que afirmou, na rede social Facebook, preferir jogar a Liga Europa mesmo...caindo para a segunda divisão: «Mesmo jogando a fase de grupos da Liga Europa na próxima época, caindo na 2.ª Liga, isso é preferível a estar dois anos na Liga NOS sem ter participado na Liga Europa. Mas se tal fosse inevitável, ainda assim preferiria».

As declarações de Rui Pedro Soares, altamente controversas, caíram mal na equipa belenense e esta Sexta-feira, a reacção do treinador Lito Vidigal não foi menos que contundente, frontal, crítica  assertiva: «A minha ambição é ser campeão pelo Belenenses. Pelos 90 e tal anos de história do clube, quero que os jogadores sejam mais fortes a cada dia que passa, mas aparecem alguns discursos derrotistas que não são abonatórios para o que trabalhamos todos os dias. Nós queremos que os jogadores pensem sempre em ganhar mas quando se fala em preferências de descer de divisão é um grande revés no nosso trabalho», afirmou em conferência de imprensa.

A crítica ao discurso do presidente da SAD continuou, de forma directa e transparente: «Trabalhar no Belenenses já é prestigiante. Não é um clube qualquer, alguns deram a vida por este clube e não gosto quando ouço coisas ligadas ao clube pois também as sinto. Muitas pessoas têm engrandecido o Belenenses e têm-no tornado mais forte», disse Lito Vidigal, que não teve embaraço em endurecer ainda mais o seu discurso:

«Mas aparecem alguns discursos egoístas, pensando unicamente em si próprios e quando se fala de forma demagógica da Champions, faz-me pensar um pouco mais, porque são pessoas que só estão a ver o imediatismo e a pensar em alguns punhados de euros que possam ganhar. Mas depois não se importam que o Belenenses esteja eternamente na 2.ª Liga. Isso, para mim, é preocupante», atirou. 

Após estas declarações, o futuro de Lito Vidigal no Belenenses é, ainda, um incógnita total. As desavenças internas arrastam-se desde o começo da temporada (controvérsia com a política de contratações) e o mau-estar, presente durante o decorrer da época, é agora praticamente insuportável. Neste momento, sabe o Vavel Portugal, está aberta a porta da saída para Lito Vidigal, vivendo-se dentro do clube um momento de tensão que poderá ser insanável.

VAVEL Logo
CHAT