Sérgio Conceição defende-se dos comentários de Gomes da Silva
O treinador minhoto reagiu de forma explosiva na antevisão do SL Benfica vs SC Braga. (Foto via: O Jogo)

Sérgio Conceição não gostou das declarações de Rui Gomes da Silva, proferidas na sequência da derrota do Braga, em casa, frente ao Porto.

Recorde-se que o dirigente encarnado questionou a entrega e a atitude dos minhotos, referindo que a equipa que o técnico orienta "(...) joga melhor contra o Benfica do que contra outros candidatos ao título" e alegando que existe um tratamento diferente perante os dois primeiros classificados da Liga NOS. «Estou a estabelecer um termo de comparação não só com o comportamento dos jogadores, mas também com o discurso oficial, quer da liderança do SC Braga, quer de vídeos motivacionais», acrescentou.

O comentário do vice-presidente do Benfica foi ainda mais incisivo - «Não vi, durante a semana passada, nenhum vídeo motivacional para tentar ganhar um jogo decisivo, nem nenhuma declaração do presidente a dizer que gostaria de ganhar o jogo. Depois de ter perdido um jogo com um lance discutível, e pelo menos polémico, houve um silêncio ruidoso»-, o que, obviamente, não deixou indiferente o staff minhoto.

Perante estas declarações, na conferência de imprensa de antevisão do jogo de hoje entre Benfica e Braga, Sérgio Conceição surgiu visivelmente revoltado, recorrendo, inclusivamente, a murros na mesa e a um discurso mais informal para expressar a sua indignação. «Sinto que a equipa está ferida com isso. Podem dizer que não estivemos tão bem neste ou naquele jogo, que jogámos mal, que falhámos passes... agora duvidar daquilo que é o nosso brio profissional, da nossa dignidade, daquilo que somos como pessoas, isso jamais permitirei! Os meus jogadores e a minha equipa técnica está completamente ferida com esse tipo de acusações», começou por sublinhar. 

Com o intuito de reforçar que o empenho dos seus jogadores frente aos dragões foi o adequado, acrescentou: «Escusado será dizer que frente a duas equipas que estiveram na Liga dos Campeões - Sporting e Basileia - O FC Porto ganhou por 3-0 e 4-0... e connosco, aos 28 minutos não tinha rematado uma vez à baliza! A uma equipa que faz o dobro das faltas e que corre mais quilómetros no final é impossível que falte atitude.», deixando clara a ideia de que, na sua opinião, os comentários de Gomes da Silva surgem com o intuito de criar instabilidade no próximo adversário do Benfica. «Percebo tudo no futebol, a pressão que vem do campeonato caminhar para o final e as pessoas pensarem que vale tudo para criar instabilidade, para mexer com a equipa adversária, mas não vale tudo, pá!», explicou. 

Exaltado, o técnico dos bracarenses referiu ainda que lhe podem apontar erros do foro técnico-táctico mas nunca falta de atitude e ambição como os factores responsáveis pela derrota, por respeito pelo trabalho que desenvolve para o clube do minho: «Podem falar de tudo, da estratégia, de não jogar bem, de ler mal o jogo... agora falta de atitude, falta de ambição, de acreditar que é possivel conquistar os três pontos, isso não permito a ninguém. A ninguém! Porque nós não merecemos! Trabalhamos de manhã à noite com intuito de conseguir melhor para o clube e nunca na minha vida pensaria tirar o pé do acelerador por alguma equipa que fosse. E posso dizer que nunca o faria, nem que estivessem o meu pai, a minha mãe, os meus filhos do outro lado. Preferia agarrar nas minhas malas e ir embora, pá!».

Para terminar, Sérgio Conceição distinguiu a sua conduta da de Gomes da Silva: «Eu não sou igual a esses comentadores... a esses dirigentes, a esses ex-futebolistas que são comentadores na televisão. (...) Ouvi comentários escandalosos e que me chocaram. Gosto de falar de futebol e não de bitaiteiros, abutres ou corvos. Estamos todos feridos com essas acusações e não permito que ninguém duvide da nossa falta de atitude ou ambição.», concluiu.

Em perspectiva está um grande jogo no Estádio da Luz, que colocará frente-a-frente um Braga ferido, mas certamente motivado e um Benfica que quer ganhar para manter a vantagem pontual para o FC Porto. No confronto directo, os bracarenses já levaram a melhor sobre os encarnados por duas vezes esta temporada. Acompanhe todos os desenvolvimentos da partida - que começa às 17 horas - aqui, em Vavel Portugal.

VAVEL Logo