Europa dizima: Oitavos provocam razia entre as equipas inglesas
Foto original: Carl Recine / Reuters

Europa dizima: Oitavos provocam razia entre as equipas inglesas

Os oitavos-de-final da Liga dos Campeões e da Liga Europa dizimaram as equipas inglesas: nenhuma resta nas provas europeias.

vavel
VAVEL

Os oitavos-de-final da Liga dos Campeões foram madrastos para as equipas inglesas em prova - nenhuma das três formações da Premier League foi capaz de sobreviver à ronda. Tanto o campeão inglês Manchester City como o Arsenal e o Chelsea foram lançados fora da prova milionária. Barcelona, Mónaco e PSG foram, respectivamente, os carrascos.

Duas equipas francesas foram responsáveis pela queda de dois terços dos clubes ingleses: o Mónaco de Jardim surpreendeu o Arsenal de Arsène Wenger e o Paris Saint-Germain de Laurent Blanc eliminou, com drama até ao fim, o poderoso Chelsea do «Happy One» José Mourinho. O campeão, treinado por Manuel Pellegrini, caiu aos pés do Barcelona e só Joe Hart evitou a goleada.

Everton juntou-se a City, Arsenal e Chelsea

Mas as três equipas não foram as únicas a serem derrubadas na Europa durante a presente semana - o Everton também se viu ontem fora da Liga Europa, ao ser derrotado com estrondo pelos ucranianos do Dinamo Kiev (onde militam os lusos Miguel Veloso e Antunes). No reduto ucraniano, o Everton perdeu por 5-2 e tornou-se na última equipa inglesa a abandonar as provas europeias (Dinamo venceu com um agregado de 6-4).

Desta feita, a semana foi negra para os clubes ingleses. O Chelsea, que fora eliminado na semana passada (no prolongamento), viu juntar-se a si Arsenal, Manchester City e Everton - não restam formações inglesas nas provas da Europa.

VAVEL Logo
CHAT