1-0, ÓLIVER TORRES, MIN. 33 2-0, ABOUBAKAR, MIN. 45+1 3-0, QUARESMA, MIN. 52 4-0, DANILO, MIN. 70 5-0, QUARESMA, MIN. 76
Porto goleia Estoril: noite tranquila na perseguição ao líder
Quaresma foi o homem do jogo esta noite.

Porto goleia Estoril: noite tranquila na perseguição ao líder

F.C Porto recebeu e goleou a equipa do Estoril por 5-0 e mantém a distância de três pontos para o Benfica. Quaresma (2), Óliver, Aboubakar e Danilo fizeram os golos que bateu uma inofensiva equipa estorilista.

leandro-dinis
Leandro Dinis

Numa semana marcada pela eliminação dos dragões da Taça da Liga, frente ao Marítimo, era hora dos homens de Julen Lopetegui darem uma resposta. E que resposta. Goleada por cinco bolas a zero que mantém acesa a luta pela liderança do campeonato, com Benfica e F.C Porto separados por apenas três pontos. Para o Estoril de Praia a confirmação de que se mantém no 13º posto com 28 pontos, a nove da linha de água. 

Primeira parte com Quaresma a abrir o livro

Julen Lopetegui fez várias alterações ao «onze inicial» face ao jogo da última quinta-feira e desde início os azuis e brancos tomaram conta da posse de bola, num domínio total que se veio a verificar ao longo dos noventa minutos. Brahimi foi o primeiro a criar perigo, ao minuto 15' mas é Ricardo Quaresma quem começa a assumir o protagonismo da partida. Primeiro numa jogada individual que Vagner segura para, no minuto a seguir, cruzar com perfeição para Óliver Torres fazer o primeiro tento no Estádio do Dragão.

 O jovem espanhol apareceu a cabecear muito bem ao segundo poste e fez assim o seu sétimo golo este campeonato. Quem voltou a dar nas vistas foi Aboubakar, sempre disponível para receber jogo e com pormenores de qualidade, o ponta-de-lança mostra-se com potencial para substituir Jackson Martínez. Bruno Miguel ainda evitou, sobre a linha de baliza, o golo do camaronês mas este viria mesmo a surgir, em cima do tempo de intervalo, após outra primorosa assistência de Quaresma.

Assistir na primeira, marcar na segunda

Início de segundo tempo como acabou o primeiro, com um golo portista. Filipe Gonçalves derrubou Brahimi na área 'canarinha' e foi tempo de Quaresma colocar o seu nome na lista dos marcadores, batendo de forma indefensável a grande penalidade. Animicamente em baixo, a turma treinada por Fabiano Soares nunca conseguiu esticar o seu jogo e assim assustar Fabiano. Sem surpresas surge o quarto golo azul e branco, numa bela triangulação entre Danilo e Aboubakar, com o camaronês a servir de forma fantástica o brasileiro que não facilita frente ao compatriota Vagner.  

Goleada perante 29.230 mil espetadores que ainda viram o homem da partida bisar. Ao minuto 77', Quaresma recupera (com falta) o esférico sobre Mattheus, finta com classe Vagner e atira para o quinto e último golo no Dragão, o seu tento número 5 no campeonato. 

Lopetegui satisfeito; Fabiano resignado

No final da partida, o espanhol era um técnico feliz com o resultado e exibição: "A equipa fez o que tinha de fazer. Atacou muito, com sentido. Trabalhou e no final merecemos os três pontos e o resultado amplo. Foi um resultado justo pelas ocasiões todas que criámos" elogiando a exibição de Quaresma: "Fez um bom jogo como o resto da equipa.". Já o técnico estorilista, Fabiano Soares reconheceu a superioridade do seu adversário, aceitando a justiça do resultado: "O FC Porto mereceu a vitória. No Dragão, é superior a 95 a 97 por cento equipas, está de parabéns." e mostra-se confiante em parar os nove jogos sem vitórias do Estoril: "Vamos trabalhar esta semana a 100 por cento para reverter isso contra o Paços de Ferreira.".

Classificação jornada 27

VAVEL Logo
CHAT