Hamilton mais rápido nas duas sessões de treinos na China
Lewis Hamilton o homem mais rápido esta noite na China (foto in: independent.co.uk)

A Fórmula 1 está de volta esta semana, com a realização do GP da China, no Circuito de Shanghai. A Mercedes foi batida na Malásia pelo Ferrari de Sebastian Vettel e a grandes incógnitas deste fim de semana são se a Scuderia poderá bater novamente os Silver Arrows e se a Williams vai dar um passo em frente, colocando-se entre essas duas equipas?

Para já, Hamilton deu cartas nas duas sessões de treinos livres e parece ser o principal candidato à Pole Position de amanhã, mas de uma sessão para a outra, os Ferrari bateram Nico Rosberg, que ainda não se mostrou este ano, tão forte como em 2014.

1ª sessão de treinos livres

Se dúvidas houvessem em como Hamilton é o piloto da Mercedes que melhor rendimento tira do W06, ficaram dissipadas pela vantagem ganha ao seu colega de equipa no primeiro treino na China. Hamilton completou 21 voltas ao traçado com o melhor tempo registado em 1:39.033, enquanto Rosberg foi mais lento 0.541s que o britãnico.

Pior para Rosberg foi a maneira como Hamilton o conseguiu. Até mais ou menos a meio da sessão, o alemão da Mercedes era o homem mais rápido, mas bastou uma volta rápida para Hamilton bater o seu tempo, passando do 20º lugar da tabela de tempos para o 1º em apenas uma volta. Rosberg ainda tentou melhorar e conseguiu, mas não o suficiente para alcançar Lewis.

foto:XPB Images

Atrás deste, ficaram os dois Ferrari, com Vettel à frente de Räikkönen, ambos no segundo 40 e com Felipe Nasr da Sauber em 5º, já no segundo 41. Com o 6º melhor tempo terminou Daniel Ricciardo que já se declarou mais "contente" com o carro e o seu colega de equipa, Daniil Kvyat foi 7º.

Jolyon Palmer, campeão em título do GP2, foi um dos homens da Lotus na FP1, substituindo Romain Grosjean e terminou com o 15º tempo da sessão.

Azar para Massa na FP2

A segunda sessão de treinos em Shangai, em termos de piloto mais rápido, não foi diferente da primeira, mas quem esteve mais em evidência nem foi Hamilton. Foi Räikkönen, que conseguiu o segundo tempo e melhor ainda, mostrou-se mais rápido que Rosberg quando saíram os dois para a pista com o composto médio "calçado" nos seus monolugares. O finlandês foi três décimos mais rápido que o alemão com o mesmo composto e fazendo um longo turno.

Daniel Ricciardo deu uma boa continuação ao trabalho desenvolvido no Red Bull ao ser o 3º homem mais rápido da sessão, batendo Vettel, Rosberg e Kvyat. Em 7º terminou Valtteri Bottas, com 1:38.850, a mais de um segundo de Hamilton.

O seu colega de equipa não teve tanta sorte, já que bateu na travagem para uma das curvas do circuito. Depois de analisada a telemetria, piloto e equipa chegaram à conclusão que o problema foi a asa traseira que não fechou quando o piloto brasileiro desligou o DRS. Para o piloto o acidente foi ainda mais infeliz, já que perdeu metade da sessão (não fazendo o turno mais longo com pneus médios) e destruindo a nova asa da frente que equipava o FW37.

Foto in: autosport.com

A Williams trouxe uma alguns updates para a China e a asa da frente que Massa destruiu no acidente era uma das evoluções. Perdendo a única asa nova que tinha, Massa terá de utilizar a antiga, perdendo alguma vantagem para o colega de equipa e para a concorrência.

A sessão ficou também marcada pela entrada de um homem, que atravessou a pista e saltou o pitwall, tendo sido imediatamente detido.

Tempos da FP2:

1. L. Hamilton 01:37.219

2. K. Raikkonen 01:37.662

3. D. Ricciardo 01:38.311

4. S. Vettel 01:38.339

5. N. Rosberg 01:38.399

6. D. Kvyat 01:38.737

7. V. Bottas 01:38.850

8. F. Nasr 01:39.032

9. R. Grosjean 01:39.142

10. J. Button 01:39.275

11. P. Maldonado 01:39.444

12. F. Alonso 01:39.743

13. M. Ericsson 01:39.751

14. M. Verstappen 01:39.894

15. C. Sainz Jr. 01:39.971

16. N. Hulkenberg 01:40.151

17. F. Massa 01:40.423

18. S. Perez 01:40.868

19. R. Merhi 01:42.973

20. W. Stevens 01:44.564

VAVEL Logo