1-0, MIN 8, JARDEL; 2-0 MIN 11 JONAS; 3-0 MIN 19 LIMA; 4-0 MIN 53 JONAS ; 4-1 MIN 80 RAFAEL LOPES; 5-1 MIN 84' FEJSA.
Benfica dominou e goleou Académica com tranquilidade
Foto: SL Benfica

Benfica dominou e goleou Académica com tranquilidade

O Benfica recebeu a Académica a fim de disputar a 28ª jornada do campeonato português. A Briosa não conseguiu fazer frente ao poderoso líder do campeonato, e foi goleada por 5-1, no Estádio da Luz.

fabia-cortinhas
Fábia Cortinhas

A Briosa foi ao Estádio do campeão nacional tentar conquistar 3 pontos importantes e fugir ao Vitória de Setúbal, no entanto o Benfica levou a melhor e derrotou, pesadamente, a Académica de Coimbra. A equipa de José Viterbo (treinador que chegava à Luz sem derrotas) foi enfrentar o líder completamente desfalcada devido a vários jogadores lesionados e castigados. Quanto ao Benfica, a equipa de Jorge Jesus entrou com tudo, muito forte e pressionando, dominando o jogo do início ao fim.

Luz cheia para ver espectáculo encarnado

Dado o apito inicial, não foi preciso muito tempo para os mais de 56 mil espectadores festejarem o primeiro golo encarnado. A assistência saiu dos pés de Pizzi, que serviu Jardel. O central cabeceou para o fundo da baliza e não deu hipótese a Cristiano, logo ao minuto 8 da partida. Mas a proeza que Jardel fez de cabeça não foi suficiente e, ao minuto 11, é a vez de Jonas empurrar, da mesma maneira, para o fundo da baliza, desta vez assistido por André Almeida.

A Briosa estava a ser trucidada e não conseguia chegar à baliza encarnada. Como se não bastasse este ataque mortífero encarnado, ao minuto 19, Fernando Alexandre comete falta sobre Lima, originando uma grande penalidade. Lima converteu e o Benfica seguia com 3 golos de vantagem em apenas 19 minutos. O resultado ficou por aqui até ao intervalo mas nem por isso a Académica deixou de apanhar fortes sustos, como aconteceu no minuto 43, devido a uma desatenção da Briosa, no entanto valeu Cristiano com uma boa intervenção.

Jonas bisou e esteve a centímetros do «hat-trick»

Jogo praticamente decidido na luz, no entanto faltava a segunda parte. À vista do que aconteceu no primeiro tempo, foram precisos 8 minutos para o Benfica voltar a penetrar a baliza adversária, desta vez por intermédio de Jonas que, com um remate certeiro, não deu hipótese ao guardião académico. Portanto, Jonas a bisar ao minuto 53. Passados 4 minutos, a defesa da equipa dos estudantes volta a tremer, Jonas isola-se mas atira por cima, esteve à vista o 5º para o Benfica e o hat-trick para Jonas.

A Académica continuou a ser dominada, apesar do Benfica impôr níveis de jogo diferentes, a equipa visitante não conseguiu acompanhar, nem mesmo quando o jogo acalmava. Ainda assim, fruto de uma boa execução, Rafael Lopes consegue reduzir para a Briosa, marcado o chamado «golo de honra», ao minuto 80.

Fejsa: um regresso feliz

Pouco adiantou esta resposta da Académica, pois, 4 minutos depois, Ljubomir Fejsa voltou a penetrar a baliza adversária, naquele que foi um momento especial para o jogador. Fejsa voltou à equipa encarnada depois de uma paragem de um ano, mostrando lágrimas de emoção aquando do seu bonito golo, que resultou de um roubo de bola e remate colocado. 

Estava instaurado o resultado final. O líder do campeonato volta a somar os 3 pontos da jornada, e não os olhos do bicampeonato, sem esquecer que se avizinha o grande Clássico com o FC Porto.

VAVEL Logo