Besta negra Real: Diego Simeone tem-se especializado em caçar «merengues»

Besta negra Real: Diego Simeone tem-se especializado em caçar «merengues»

Nesta época, em três jogos, no Vicente Calderón, o Atlético venceu todos e ainda não perdeu com o Real Madrid na totalidade das partidas.

paulopereira79
Paulo Pereira

Diego Simeone, treinador argentino do Atlético de Madrid, tem tornado o Vicente Calderón um autêntico inferno para o Real Madrid. Esta época em três jogos no seu estádio, o Atlético venceu todos. Primeiro para a supertaça de Espanha em que venceu por 1-0 com golo do avançado Mario Mandzukic depois de terem empatado 1-1 no Santiago Bernabéu.

A 13 de setembro de 2014 encontraram-se de novo os rivais da capital, desta vez para a Liga BBVA e no estádio do Real, o Bernabéu - nova vitória do Atlético por 2-1 com um dos golos marcado pelo médio português Tiago. Já neste ano a sete de Janeiro de 2015 confrontaram-se novamente, para a Taça do Rei - no Vicente Calderón os «colchoneros» ganharam por 2-0 com Diego Simeone a felicitar a atitude da equipa: «O Real Madrid entrou melhor mas os rapazes foram fantásticos e deram tudo em campo».

Na segunda mão da eliminatória o Atlético conseguiu um empate a dois com bis de Fernando Torres. A sete de Fevereiro, para a Liga BBVA, os «rojiblancos» golearam por 4-0 o Real Madrid com Tiago a inaugurar o marcador aos 14 minutos, seguindo-se uma avalanche de golos caseiros (Saúl, Mandzukic e Griezmann). Em resumo, no Vicente Calderón, o Atlético tem três vitórias, sete golos marcados e nenhum sofrido. Depois de ficar 14 anos sem ganhar ao rival, de 1999 a 2013, o Atlético tem-se tornado a verdadeira «Besta negra» do Real.

VAVEL Logo