0-1, MIN.5, JONAS ; 0-2, MIN.60, JONAS
Benfica não cede e arrecada 3 pontos no Restelo com bis de Jonas

Benfica não cede e arrecada 3 pontos no Restelo com bis de Jonas

O Benfica foi ao Restelo arrecadar os 3 pontos da jornada. O líder do campeonato não fez um jogo brilhante nem presenteou os adeptos com as exibições usuais, ainda assim foi suficiente para derrotar o Belenenses por duas bolas (0-2).

fabia-cortinhas
Fábia Cortinhas

Neste final de tarde de sábado, o Benfica foi visitar o Belenenses ao Restelo para, assim, disputar a 29ª jornada do campeonato português. Os encarnados somaram mais uma vitória e continuam a liderar a derradeira corrida contra o FC Porto, sem deixar pontos para trás. Apesar da vitória sobre o Belém, o Benfica não mostrou a sua habitual qualidade e ainda sofreu alguns arrepios durante a partida.

O Benfica apresentou-se em campo sem Maxi Pereira, que cumpre castigo por acumulação de amarelos. Já o Belém não pode contar com Miguel Rosa, lesionado, com Ricardo Dias, castigado, e com Rui Fonte devido a acordo mútuo entre os clubes, tendo em conta que o jogador tem contrato com o Benfica, apesar de estar a representar o Belenenses. 

Ouve-se o apito inicial no Restelo, é tempo de se jogar a primeira parte. O jogo não começou da melhor maneira para o Belenenses, ao minuto 4, João Afonso. ao aliviar um centro de Pizzi, quase marca golo na sua própria baliza, mas a bola passa sai pela linha de fundo. Ainda assim, só foram precisos 2 minutos para o Benfica chegar à vantagem, graças a um erro tremendo de Pelé, que fez um péssimo passe para Ventura e, na sequência do lance, Jonas não desperdiça e empurra rasteiro para o fundo da baliza adversária.

Ao minuto 16, a defesa encarnada sofre um momento de desconcentração e João Afonso aparece solto ao segundo poste, no entanto, o jogador do Belém demora demasiado tempo e a os encarnados cortam uma boa oportunidade. Um minuto a seguir, é Sturgeon quem aparece solto e remata cruzado, contudo a bola passa por cima da baliza adversária. Nesta altura do jogo, o Belenenses continua a criar perigo para a baliza do Benfica, desta vez é Carlos Martins quem remata forte, ao cobrar um livre, valeu Júlio César que, numa defesa complicada, defende para a frente, ao minuto 23.

Mas o Benfica não se deixou abater pelas ameaças e, ao minuto 25, é Palmeira quem tira o golo a Gaitán, ao cortar o remate do jogador encarnado, que ia rematar já dentro da área do Belém. Ao minuto 33, vive-se um ambiente de tensão no Restelo, sendo que o Belenenses reclama duas grandes penalidades consecutivas, mas Rui Costa entende que não foi cometida nenhuma infração. O jogo prossegue e, ao minuto 40, Filipe Ferreira faz um excelente cruzamento, no entanto nenhum jogador do Belém faz a emenda. Este lance só veio provar que a defesa encarnada não estava nos seus melhores dias. Já muito perto do intervalo, Pizzi tenta surpreender mas remata por cima da baliza adversária.

Começada a segunda parte, o Benfica continua sem demonstrar a sua qualidade. O Belém tenta aproveitar esta falta de inspiração do líder e, ao minuto 51, Carlos Martins tenta a sua sorte mas o remate sai torto, ainda assim, o ex-jogador do Benfica não desiste e, um minuto depois, procura o golo através da cobrança de um livre, mas a sua sorte não mudou e a bola passa por cima da baliza do guardião encarnado.

E como quem não marca, sofre, o Belenenses volta a sofrer golo e novamente por intermédio de Jonas. O jogador do Benfica, ao minuto 60, remata certeiro e aumenta a vantagem no marcador, ao bisar, estabelecendo o resultado final.

Já aos 77', Carlos Martins tem duas oportunidades de facturar, primeiramente ao apontar um livre e depois ao interceptar a bola mal aproveitada por Dálcio, no entanto o jogador do Belém não consegue penetrar a baliza adversária.

E como se dois golos não bastassem, Jonas continua a fazer das suas. Ao minuto 81, o jogador do Benfica esteve muito perto do hat-trick, não fosse Gonçalo Brandão fazer o corte na altura certa. Desta vez foi tempo do Belenenses assustar os encarnados, quando Dálcio aparece na cara de Júlio César, contudo guardião encarnado nega o golo com uma defesa formidável, já em cima do minuto 90.

O resultado final permite ao Benfica somar os 3 pontos da jornada e continuar a fugir ao FC Porto. Esta vitória foi fundamental, tendo em conta que o Benfica irá receber o FC Porto na próxima jornada e leva apenas 3 pontos de vantagem, assegurados graças à vitória de hoje.

VAVEL Logo
CHAT