Hamilton afirma-se «lançado para o título»

Hamilton afirma-se «lançado para o título»

O piloto britânico venceu mais um GP, mas ambos os Mercedes sentiram problemas nos travões, prejudicando a sua corrida, especialmente a de Nico Rosberg.

pedro-mendes
Pedro Mendes

Lewis Hamilton tem mais concorrentes ao título, para além do seu colega de equipa Nico Rosberg. Os Ferrari já mostraram que não se esqueceram de como se vencem corridas, com a vitória de Sebastian Vettel na Malásia. Desta feita foi Kimi Räikkönen que esteve perto de vencer Hamilton, mas no Bahrain o piloto Mercedes manteve-se mais forte do que todos os outros.

Hamilton: «Estou lançado para o título»

Lewis Hamilton, depois da cerimónia do pódio, começou por agradecer aos fãs, especialmente aqueles que o seguiram até ao Bahrain. Sir Jackie Stewart deu o mote à conversa, começando por dizer que o tricampeonato pode estar à espreita. «Sim, eu estou lançando para ele» - afirmou Hamilton. 

«Em primeiro lugar, um grande obrigado à minha equipa, que fez um trabalho fantástico neste fim de semana. Os Ferrari deram-nos trabalho e na pista, foi realmente difícil para mim cuidar dos pneus, atrás dos pilotos atrasados, mas felizmente fui capaz de manter o carro em bom estado, manter os pneus em bom estado e consegui terminar. Mas precisamos continuar pressionar como uma equipa, nós vamos, claro, fazer isso.»

Hamilton ainda esclareceu o que se passou com os travões do seu monolugar: «os travões ficaram um pouco mornos pouco quando eu estava por trás de alguns retardatários. Quando se está atrás deles simplesmente não há ar frio para arrefecer os travões, por isso ficaram um pouco quentes, mas não foi realmente um problema.» 

Räikkönen: «Nunca se fica feliz por terminar em segundo»

O finlandês fez uma corrida fantástica, renegando Nico Rosberg para a terceira posição e por pouco não conseguiu a vitória em Sakhir: «Obviamente nunca se fica feliz por terminar em segundo, mas acho que depois de um difícil início de ano, consegui o melhor resultado até agora. Obviamente que estavamos muito rápidos no final, mas precisavamos de mais voltas [para atingir o primeiro lugar]. Acho que temos que ficar contentes depois da qualificação conseguida, mas estamos à espera de melhores resultados ainda.»

(foto: Ferrari/Colombo)

Kimi ainda lembrou a época passada: «estou muito contente como a equipa está trabalhar e, obviamente, depois do que se passou no ano passado, onde estamos agora é um grande passo e todos estão a trabalhar muito bem juntos. O ambiente é bom e agora temos uma boa direção para continuar a seguir. Parece que as coisas estão a funcionar bem e estamos a melhorar. Tenho a certeza que como equipa nós vamos chegar lá e sermos capazes de estar a lutar por vitórias, mas vai demorar um pouco mais de tempo.»

Rosberg: «Estou contente com o carro»

Nico Rosberg teve a sua corrida (quase) estragada por causa dos travões. «A ultrapassagem foi agradável. Gosto bastante de ultrapassar os carros vermelhos. No final tentei apanhar o Lewis, mas estavamos com um ritmo bastante semelhante e não consegui apanha-lo. Ele ainda conseguiu afastar-se no final e depois fiquei sem travões, infelizmente a duas voltas do final. Fui em frente e  custou-me a posição para o Kimi. Foi muito decepcionante.» 

foto: auto-motor-und-sport.de

Ainda assim, Rosberg elogiou o trabalho da equipa no monolugar: «Estou contente com o nosso carro. A equipa tem feito novamente um grande trabalho e estou muito grato por isso. Estou ansioso pelas as corridas que ainda estão para vir.»

Sebastian Vettel, que terminou em 5º, ficou bastante decepcionado com o seu erro (que causou estragos na asa da frente), colocando a pressão toda em cima dele próprio: «Tentei defender-me novamente de Nico e na saída da última curva, saí largo e parecia ter danificado a asa dianteira» , explicou Vettel. «Não sei o que aconteceu. Eu não conseguia ver a asa dianteira, mas senti que tinha menos aderência à frente e decidimos parar, o que penso ter sido a melhor decisão. Tenho pena de ter ficado preso e não obter o quarto lugar. Sinto que deixei ficar mal a equipa, já que havia mais ao alcance, mas tivemos um bom resultado para nós. "

O próximo GP de Fórmula 1 realiza-se a 10 de Maio em Espanha, no Circuito da catalunha.

VAVEL Logo
CHAT