Resultado Benfica x Porto na Primeira Liga 2015 (0-0)

Resultado Benfica x Porto na Primeira Liga 2015 (0-0)

francisco-dias
Francisco Dias
Live LoaderVAVEL Live SmallLive Match

Da parte da VAVEL Portugal é tudo e agradecemos a preferência no acompanhamento desta emissão que levou até si o grande clássico do futebol português, que apesar de ter terminado num empate foi recheado de emoções, tácticas e remates.

Depois de 93 partidas a marcar consecutivamete no estádio da Luz, o Benfica voltou a registar um nulo que lhe poderá trazer no entanto o doce sabor dos 34º título. Até ao final do campeonato, faltam disputar 12 pontos, mas com os 2-0 do Benfica no Dragão e este empate registado na Luz, o confronto directo é favorável às águias de Jesus que têm agora uma tranquilidade para poder gerir as partidas que faltam. O Porto terá que esperar um deslize do Benfica mas como no futebol a bola é redonda tudo poderá acontecer e a equipa VAVEL Portugal estará presente na fase decisiva do campeonato 2014/2015.

A 1ª parte foi demasiado presa ao meio-campo com muitas faltas de parte-a-parte e uma consequente desinspiração dos atacantes dos dragões e das águias. A única oportunidade digna de registo pertenceu a Jackson que ainda assim falhou a emenda. No 2º tempo as equipas subiram no terreno e tiveram algumas oportunidades para inaugurar o marcador. Com o passar dos minutos, Jorge Jesus e Lopetegui mudaram a estratégia, com o Benfica a demonstrar cautelas fazendo entrar Fejsa e André Almeida, enquanto o Porto fez de tudo para imprimir mais velocidade e criatividade no ataque com as entradas de Quaresma e Hernâni. As exibições desastrosas do clássico foram, do lado do Benfica, Eliseu, Lima e Gaitán e do lado do Porto, Maicon, Rúben Neves e Quaresma. Os melhores da partida estiveram no meio-campo onde Casemiro e Samaris foram o espelho de um jogo repartido, equilibrado em que o lema das duas equipas foi não arriscar para não errar.

O grande clássico do futebol português acabou com um empate a 0 e com este resultado o Benfica está mais perto de conquistar o título de campeão nacional. A 4 jornadas de terminar o campeonato, com 12 pontos em disputa o Benfica leva 3 de vantagem sobre o Porto e em caso de igualdade pontual são os encarnados que levam vantagem sobre os azuis e brancos. O Benfica apresentou uma postura calculosa na 1ª parte e Jorge Jesus ganhou claramente o duelo táctico a Lopetegui. O empate acaba por se ajustar e apesar da indecisão matemática em relação ao campeão, a verdade é que o Benfica deu um passo gigante rumo as 34º título. 

FIM DA PARTIDA!

90+3' SAI: Jonas, ENTRA: Ola John.

90+3' Oportunidade soberana para o Porto, que Hernâni falha a poucos instantes do apito final.

90' O árbitro dá 3 minutos de compensação.

O ambiente nestes últimos minutos está infernal, com o Benfica a defender e o Porto a atacar.

88' Amarelo para Maicon por ter parado um contra-ataque perigoso do Benfica.

85' Júlio César por queimar tempo leva amarelo.

85' Os responsáveis encarnados ficam a reclamar o 2º amarelo para Jackson.

Na sequência do livre de Gaitán, Fejsa falha escandalosamente a emenda. 

82' Livre perigoso para o Benfica!

Com a entrada de Fejsa e André Almeida, o Benfica ganha solidez defensiva e o Porto terá mais dificuldade em encontrar espaços.

80' SAI: Pizzi, ENTRA: André Almeida.

Na sequência o Benfica consegue sair para o contra-ataque, mas Gaitán e Pizzi não conseguem aparoveitar para criar perigo.

78' Livre perigoso para o Porto, Fejsa poderia ter levado o 2º amarelo.

77' Amarelo para Fejsa.

76' Cruzamento rasteiro de Maxi Pereira que ganha a linha de fundo, mas Helton defende. 

75' A partida entra agora no último quarto de hora com as duas equipas a procurarem o golo, sendo o resultado completamente imprevísivel até ao apito final. Hernâni entrou muito bem e o Porto aposta tudo na vitória, no entando o Benfica também terá uma palavra a dizer.

72' Amarelo para Marcano.

71' Lima teve uma oportunidade fantástica nos pés, mas acaba por atirar de forma desastrosa.

Na sequência Óliver remata para fora.

69' Hernâni ganha a linha de fundo, mas o Benfica corta para canto. Danilo para bater.

67' Com a entrada de Quaresma e Herrera, o Porto está mais balanceado para o ataque, mas por outro lado o Benfica com a entra de Fejsa, toma um pouco mais de cautelas, uma vez que pode perfeitamente jogar com o empate para enervar os portistas.

Os mais de 63 mil adeptos na Luz assistem a uma 2ª parte fantástica com remates de parte-a-parte: finalmente o clássico que todos esperávamos com as duas equipas a lutarem pelos 3 pontos.

64' SAI: Evandro, ENTRA: Hernâni

64' SAI: Talisca, ENTRA: Fejsa.

63' Jackson em posição de golo, permite a Júlio César ser mais rápido e evitar um lance que podia perfeitamente ter resultado no 1º golo do encontro.

61' Amarelo para Jackson.

59' Contra-ataque letal dos encarnados, que Pizzi quase transforma em golo, com um remate potente que Helton defende com dificuldade.

58' Cartão amarelo para Quaresma, por falta sobre Eliseu.

Na sequência do canto, Jackson cabeceia para fora.

56' Canto para o Porto, a partida parece estar mais emocionante.

56' Quaresma entra e cria logo perigo. Cruzamento que Júlio César consegue resolver com alguma dificuldade.

55' SAI: Brahimi, ENTRA: Quaresma.

54' O Benfica acelera e Talisca cabeceia perto do poste de Helton.

54' Lance magistral de Gaitán, que serve Pizzi, mas o português rematou sem convicção.

53' Os primeiros 8 minutos da 2ª parte, mostram um Benfica mais espevitado com Talisca, Jonas e Gaitán a imprimirem velocidade na frente de ataque.

50' Tiro fantástico de Talisca, mas Helton nega o golo de forma segura. Fica o registo para o 1º remate do Benfica em todo o jogo.

48' Remate de Herrera que tentou surpreender, mas o tiro saiu fraco com Júlio César a defender sem dificuldade.

46' Danilo derruba Jonas, e saí o primeiro amarelo para os jogadores do Porto.

45' Rola a bola.

45' Sai: Rúben Neves, ENTRA: Herrera.

Os primeiros 45 minutos do Benfica x Porto foram em termos de espectáculo pobres, mas tacticamente fantásticos. Nos primeiros 30 minutos assistimos a um jogo muito preso a meio-campo, onde Casemiro, Samaris, Rubén Neves e Pizzi pautaram os ritmos de jogo. Registaram-se muitas faltas ainda neste período e assistimos a um Benfica que jogou na expectativa dando um pouco de iniciativa de jogo ao Porto, que ainda assim não conseguiu criar lances de perigo na primeira meia hora. No últimos 15 minutos, o Porto subiu no terreno com Alex Sandro e Danilo a serem os percursores desta subida. Neste período, Jackson Martínez teve nos pés a única oportunidade digna de golo e diante das redes de Júlio César rematou por cima mantendo-se o 0-0 até ao intervalo. Do lado do Benfica, Luisão e Samaris, têm conseguido bloquear as investidas do Porto sendo as principais figuras de um Benfica que joga na expectativa, uma vez que está no 1º lugar no campeonato, cabendo ao Porto atacar mais. Nos azuis e brancos, Danilo e Alex Sandro são de longe as principais figuras e em ângulo inverso Talisca e Rúben Neves têm estado um pouco aquém das expectativas nas respectivas equipas. Para a 2ª parte, espera-se a entrada de Quaresma e quem sabe de André Almeida para o lugar de Eliseu, que tem sido presa fácil para os atacantes portistas que jogam no flanco direito do seu ataque.

INTERVALO!

45+2' Danilo faz o que quer de Eliseu e já com um amarelo, Jorge Jesus poderá trocá-lo na 2ª parte por forma a evitar o flanco em que o Porto tem tido mais perigo.

45' Dois minutos de compensação.

Na sequência do canto, marcado por Danilo, o esférico entra mesmo nas redes de Júlio César mas com fora de jogo que o árbitro auxiliar assinala sem qualquer dúvida.

42' Alex Sandro incrível em mais um grande lance e passou como um foguete com mais um cruzamrento que a defesa do Benfica chuta para canto.

40' Entramos agora nos últimos 5 minutos da 1ª partida e o Benfica ainda não regista qualquer oportunidade de golo. O Porto está um pouco mais perigoso, com destaque para os laterais Danilo e Alex Sandro.

36' Herrera salta para o aquecimento.

36' O Porto sobre mais uma vez pelo flanco esquerdo com Alex Sandro em foco, delineando um cruzamento em que Jackson não chegou por centímetros, o Porto começa a subir de forma na partida.

33' Grande oportunidade para o Porto! N ocoração da área, Jackson disparou um tiro potente que no entanto sai por cima da barra de Júlio César. Para o desfecho deste lance, o papel de Luisão é fundamental que conseguiu tapar o ângulo de remate ao colombiano.

Do canto nada resulta, mas fica o registo para um lance de perigo, que depois da meia hora já tardava.

32' Canto perigoso para o Benfica.

30' O cariz decisivo da partida está a pesar nas pernas das duas equipas, e não há espaço para os criativos Gaitán e Brahimi ganharem metros.

28' Cruzamento/remate de Jonas, que Helton resolve de forma segura.

27' Subida super-sónica de Danilo pelo flanco direito, mas Júlio César resolve sem problemas.

25' Fica a ideia que as duas equipas estão com medo de arriscar e quem perde é o espectáculo, mas a nível táctico tem sido uma lição extraordinária de Jesus e Lopetegui.

24' Gaitán simula uma falta e Jorge Sousa mostra a cartolina amarela ao argentino.

23' Boa jogada de Jonas com Gaitán, no entanto a defesa portista resolve.

20' Samaris/Casemiro e Pizzi/Rúben Neves: estes quatro jogadores fazem com que as equipas se encaixem completamente sem que nenhum meio-campo se surperiorize em relação ao outro. Jogo muito táctico nos primeiros 20 minutos.

19' Eliseu puxa Danilo, que resulta no primeiro amarelo da partida do português.

14' Primeiro ensaio do Benfica à baliza de Helton com um cabeceamento tímido de Gaitán para defesa fácil do guardião brasileiro.

Nestes primeiros minutos registo para muitas faltas de parte a parte (12 faltas por agora), que reflecte o nervosismo das duas equipas perante um jogo de tamanha importância.

11' Maxi Pereira faz um lançamento perigoso e surpreendente para a área e Gaitán ficou a centímetros de chegar ao esférico.

10' Jackson em boa posição para criar perigo, no entanto o árbitro assinala fora-de-jogo.

8' Entrada perigosa de Alex Sandro sobre Talisca, o Benfica tenta trocar a bola entre os seus jogadores e começa a criar perigo.

7' Primeira tentativa de Talisca pelo flanco, mas Rúben Neves resolve com um corte perto da meia lua.

5' Nestes primeiros instantes Casemiro, Rúben Neves e Óliver têm ganho o meio-campo, e o Benfica está com dificuldades em pegar no esférico.

4' Livre perigoso para o Porto. Rúben Neves cobra e atira à figura de Júlio César, fica registo para o 1º remate do encontro.

3' O Porto começa um pouco mais forte mostando vontade de jogar mais subido no terreno. Alex Sandro parece estar em foco nestes primeiros minutos nas subidas pela ala esquerda.

2' Eliseu comete falta sobre Óliver, primeiro lance poderá levar perigo às redes de Júlio César. No entanto, em nada resulta.

1' Primeira falta: Brahimi derruba Maxi Pereira, Benfica tenta comandar o jogo.

1' Rola a bola.

16:59. Cumpre-se um minuto de silêncio em memória de José António Martinez, antigo director do Benfica.

16:58. Jackson e Luisão decidem quem irá dar o primeiro pontapé na redondinha: as águias vão dar início ao encontro.

16:57. Os 22 escolhidos por Jesus e Lopetegui estão no relvado e está tudo apostos para o jogo de todas as decisões.

16:55. As equipas já estão no túnel e estão prestes a sentir o tapete verde do encontro. O apito de Jorge Sousa está a apoucos instantes de acontecer.

16:51. A poucos instantantes do pontapé de saída, a águia Vitória sobrevoa o estádio da Luz em Lisboa e o ambiente é absolutamente extraordinário. De um lado a natural maioria encarnada, mas do outro 3 mil portistas todos prontos para dar início ao grande espectáculo do Benfica x Porto.

Na equipa encarnada, Maxi Pereira regressa depois do castigo e juntamente com Luisão, Jardel e Eliseu tudo farão para ajudar o guardião Júlio César a manter as redes encarnadas a 0. O capitão Luisão é o mais experiente em clássicos com o Porto, sendo fundamental para gerir os estados emocionais de toda a equipa das águias. No meio-campo, Samaris e Pizzi mantêm a dupla equilibrada das últimas partidas recaindo a principal novidade nas escolhas de Jorge Jesus na frente de ataque, onde Talisca assume a titularidade numa das alas relegando Salvio para fora das opções; o argentino não recuperou da lesão e o brasileiro volta assim a ser a primeira escolha do técnico português. O segundo melhor marcador do campeonato, Jonas vai estrear-se em clássicos fazendo dupla com Lima no ataque às redes de Helton.

16:17. Onze oficial do Benfica: Júlio César, Maxi Pereira, Luisão, Jardel, Eliseu, Samaris, Pizzi, Talisca, Gaitán, Jonas e Lima.

As escolhas de Lopetegui têm algumas novidades para o clássico, desde logo a começar na baliza: o veterano Helton será o guardião das redes azuis e brancas relegando Fabiano para o banco de suplentes. A experiência do brasileiro poderá ser fundamental para acalmar toda a equipa sendo também uma forma de contornar a debilidade anímica que os dragões poderão apresentar depois da goleada na Alemanha. Os regressos de Danilo e Alex Sandro já eram esperados, representando duas unidades que poderão desiquilibrar de forma mais eficaz num jogo de tamanha importância e dificuldade, tanto a defender como a atacar. No meio-campo, Rúben Neves aos 18 anos ganha a titularidade ao mexicano Herrera, o que acaba por não ser estranho atendendo ao bom momento de forma que o jovem dragão tem vindo a apresentar. Na frente, a ausência de Quaresma é uma das principais surpresas, uma vez que Lopetegui aposta em Óliver e Evandro para o mesmo onze, reforçando o meio-campo permitindo a estes dois jogadores trocarem de posições durante diferentes fases de jogo baralhando a defesa encarnada. A principal seta apontada à baliza das águias será Jackson, que apesar do desgaste mantem a titularidade

16:08. Helton, Danilo, Maicon, Marcano, Alex Sandro, Casemiro, Rúben Neves, Evandro, Óliver, Brahimi, Jackson

16:05. Já temos onze oficial do Porto!

16:00. O ambiente infernal do estádio da Luz já se faz sentir e a moldura humana de cerca de 60 mil adeptos já tremem de emoção num jogo empolgante que poderá ser decisivo para descobrir qual será o próximo campeão nacional, águias ou dragões, Jesus ou Lopetegui, Jonas ou Jackson, os dados estão lançados e a VAVEL Portugal promete cobertura total do último clássico da temporada.

15:50. A equipa VAVEL abre as portas da emissão do aguardado Benfica x Porto, numa partida em que se espera emoção, nervos e a espetacularidade do clássico dos clássicos em Portugal.

14:35. «A equipa trabalhou com normalidade para um jogo que todos querem jogar. Vamos estar nesse jogo com ambição e ilusão para ganhar. Se é o momento ideal para defrontar o Benfica? Um das vantagens de jogar os quartos de final da Champions é que temos de enfrentar este tipo de situações. É a realidade, não a podemos mudar», afirmou Julen Lopetegui na antevisão.

uLopetegui & Jesus (Foto: Ivan del Val (GLOBAL IMAGENS)

14:20. «Faltam cinco jornadas para o fim do campeonato e o que queremos é fazer neste jogo com o FC Porto o mesmo que temos vindo a fazer desde a primeira jornada. Esta é mais uma etapa de um campeonato que queremos, se possível, chegar ao fim da meta em primeiro», afirmou Jorge Jesus na antevisão do Benfica x Porto de hoje.

13:45. Lima tem sido, ao longo dos anos, um autêntico pesadelo para o FC Porto: já marcou 3 golos em cada clube luso pelo qual passou, Belenenses, SC Braga e Benfica (os dois últimos golos foram marcados no Dragão, 0-2). Pela banda do Porto, jogadores como Quaresma e Jackson Martínez sabem como marcar golo diante do rival Benfica.

13:05. Perspectiva-se um clássico Benfica x FC Porto com poucos portugueses em campo: do lado do Benfica, Eliseu e Pizzi deverão ser os jogadores lusos a gozarem do estatuto de titulares. No FC Porto, apenas um jogador luso deverá entrar na Luz como titular: Ricardo Quaresma. Luisão, capitão encarnado, ultrapassará hoje a marca dos 329 jogos de Coluna como capitão das águias.

12:30. Salvio deverá mesmo falhar a partida de hoje - o jogador foi visto a sair do centro de treinos dos encarnados e não deverá ser opção para Jorge Jesus. Ola John deverá ser a primeira escolha para a faixa direita do ataque do Benfica. O FC Porto também terá uma baixa nos corredores do ataque: Cristian Tello, ainda lesionado, ficará fora do jogo. Os corredores do FC Porto serão constituídos por Brahimi e Quaresma.

11:50. O FC Porto vem de uma humilhante derrota em Munique, por 6-1, e tal derrocada poderá afectar psicologicamente a equipa; Danilo e Alex Sandro, ambos castigados durante o jogo de Munique, serão titulares no clássico contra o Benfica. Salvio, a contas com uma lesão, está ainda em dúvida para o jogo de hoje, podendo ser substituído por Ola John ou Pizzi (entrando Amorim para o miolo). 

11:35. O Benfica vem marcando na Luz, para a Liga, há 92 partidas consecutivas. Frente-a-frente estarão, no Benfica x Porto, o melhor ataque da prova (Benfica com 73 golos) contra  a melhor defesa (Porto com apenas 12 golos sofridos). Vários duelos de nível estarão sob o foco da análise: Jonas x Jackson Martínez (goleadores da Liga), os mágicos Gaitán x Quaresma e o «face-off» entre os dois treinadores, Jorge Jesus e Julen Lopetegui.

Jonas x Jackson Martínez: os goleadores do Clássico

11:25. Maxi Pereira, Lima, Gaitán e Luisão irão repetir o jogo contra o Porto na Luz, após a vitória caseira da temporada 2013/2014; pelo lado do FC Porto, serão apenas três os elementos que marcaram presença nessa partida e que hoje voltarão a disputar o clássico na Luz: Danilo, Alex Sandro, Jackson Martínez. No banco estavam jogadores que hoje são titulares, como Jardel pelo Benfica e Ricardo Quaresma e Maicon pelo Porto - Jardel e Quaresma entraram no decorrer da partida de 12 de Janeiro.

11:10. No último Benfica x Porto para a liga nacional, na temporada 2013/2014, o Benfica recebeu e venceu o Porto por 2-0, no dia 12 de Janeiro, poucos dias após a morte do lendário Eusébio. O Benfica venceu com golos de Rodrigo e Ezequiel Garay. Essa vitória quebrou com um jejum que durava desde o dia 20 de Dezembro de 2009, altura em que o Benfica recebera e batera, pela última vez, o Porto na Liga.

11:00. A última vitória do FC Porto na Luz, em jogos do campeonato, aconteceu na temporada 2011/2012, quando os dragões bateram o Benfica num emotivo jogo que terminou 2-3; o FC Porto de Vitor Pereira começou a vencer com um golo de Hulk, mas o Benfica virou o resultado com dois golos de Cardozo. James Rodríguez e Maicon acabaram por dar a vitória ao Porto.

10:30. Este será o 162º jogo entre Benfica e Porto no contexto do campeonato português - o Benfica venceu 55 partidas e o Porto 63, registando-se 43 empates. Na Luz, para o campeonato, disputaram-se 80 jogos, com grande superioridade do Benfica, que venceu 42 partidas, perdendo 14 partidas na Luz. Cinco dessas vitórias registaram-se durante o novo milénio (entre 2003 e 2012).

10:05. O Benfica de Jorge Jesus tentará vencer o FC Porto por duas vezes na mesma edição da Liga, algo que não acontece desde a temporada 2005/2006, altura em que os encarnados eram treinados pelo técnico holandês Ronald Koeman. O Benfica venceu por 0-2 no Dragão (bis de Nuno Gomes) e na segunda ronda venceu na Luz, golo um golo solitário de Laurent Robert (1-0).

Roberto festejando (Foto: Reuters)

9:50. Para bater o Benfica, na Luz, o FC Porto terá de quebrar uma tradição de 64 anos dos dragões, que desde 1951 não conseguem bater o Benfica no reduto encarnado em partidas da Liga portuguesa. O Porto não vence o Benfica (no campeonato, em jogos na casa das águias) desde 1951, quando venceu o jogo com dois golos de Monteiro da Costa. Caso vença por 0-2, o Porto ficará em vantagem no desempate por «goal average».

9:30. O Benfica, além da vantagem pontual, conta também com a vantagem do confronto directo - a formação das águias foi ao Estádio do Dragão bater o FC Porto na primeira ronda do campeonato; Lima marcou os dois golos da vitória, repetindo o feito de Nuno Gomes (em 2006) e César Brito (em 1991) - todos eles bisaram no reduto portista em vitórias de 0-2. Para anular a vantagem do confronto directo, o Porto terá de vencer o Benfica por dois golos de diferença.

Lima bisou no Dragão (Foto: LUSA)

9:15. Jorge Jesus busca revalidar o título de campeão nacional, atingindo o bicampeonato pelo Benfica, feito que não se concretiza desde a temporada 1983/1984, quando Sven-Goran Eriksson treinava os encarnados. Julen Lopetegui busca o primeiro título na sua carreira de clubes, tentando impedir que o Porto fique em jejum de títulos nesta temporada, após uma época em que apenas venceu Supertaça.

9:00. O FC Porto apostou fortemente na remodelação da equipa e contratou um novo treinador para um novo projecto; a temporada europeia foi bastante positiva (12 partidas na Liga dos Campeões e apenas uma derrota) mas as prestações internas foram fracas: eliminação precoce na Taça de Portugal (1-3 contra o Sporting), queda na Taça da Liga (diante do Marítimo). Todo o foco portista está na Liga: caso perca na Luz, o Porto fica praticamente afastado do título.

8:45. O Benfica ataca o objectivo do bicampeonato enquanto o Porto concentra-se, agora, no único troféu que poderá ainda ganhar. O FC Porto vem de uma pesada derrota em Munique que custou a eliminação dos qüartos-de-final da Liga dos Campeões, restando a Julen Lopetegui a Primeira Liga portuguesa. Jorge Jesus procura vencer a terceira Liga da carreira depois dos sucessos de 2009/2010 e 2013/2014.

Fotos originais: Zimbio

8:35. Grandioso clássico Benfica x Porto da jornada 30 poderá decidir o campeonato: o Benfica aborda a partida com 3 pontos de vantagem sobre o FC Porto, e, caso saia do clássico vencedor, ficará com seis pontos de vantagem a apenas quatro jornadas do fim do campeonato. Se o FC Porto vencer na Luz, ambos ficarão igualados pontualmente, com a luta pelo título a ser decidida até aos últimos cartuchos.

8:30. Seja bem-vindo à transmissão detalhada do jogo Benfica x Porto, clássico do futebol português referente à jornada 30 da Primeira Liga. A partida será jogada às 17 horas, no Estádio da Luz, que terá lotação esgotada. Siga o minuto a minuto do jogo Benfica x Porto em directo e em Vavel Portugal

VAVEL Logo