Final da Liga Europa: Favorito Sevilha busca o bis contra «underdog» Dnipro

Final da Liga Europa: Favorito Sevilha busca o bis contra «underdog» Dnipro

O jogo está marcado para as 19.45 horas de Quarta-feira e vai ser arbitrado pelo inglês Martin Atkinson. O favorito Sevilha busca o bis na competição, enquanto a turma ucraniana tenta estrear-se na glória europeia.

paulopereira79
Paulo Pereira

O Dnipro defronta o Sevilha no jogo decisivo da UEFA Europa League, a primeira final duma competição de clubes da UEFA disputada no Estádio Nacional de Varsóvia. O FC Dnipro Dnipropetrovsk vai tentar voltar a surpreender quando defrontar o Sevilha, actual detentor do troféu e à procura de vencer a competição pela quarta vez. A final de 2015 vai envolver os treinadores com mais participações na competição, da fase de grupos até à final. Unai Emery, do Sevilha, vai dirigir o jogo 50 em Varsóvia, enquanto Myron Markevych, do Dnipro, cumprirá a 42ª partida.

Os dois clubes têm um antigo treinador em comum, Juande Ramos, que guiou o Sevilha aos primeiros sucessos na Taça UEFA, em 2006 e 2007, antes de orientar o Dnipro entre 2010 e 2014, altura em que foi substituído por Markevych. Este é o primeiro jogo oficial do Sevilha em Varsóvia, no entanto, marcou os primeiros golos no Estádio Nacional a 17 de Abril de 2012 quando derrotou o Legia Warszawa, por 2-0, num encontro amigável, Baba Diawara fez ambos os tentos. Fernando Navarro é o único membro do plantel do Sevilha que alinhou nessa partida.

Esses foram os primeiros golos apontados nesse estádio, pois o único jogo amigável anterior, entre a Polónia e Portugal, terminou 0-0. O Dnipro jogou apenas uma vez na capital polaca na UEFA. Alinhando com os internacionais soviéticos Hennadiy Lytovchenko e Oleh Protasov, o Dnipro empatou 0-0 com o Légia, na primeira mão da primeira eliminatória da Taça UEFA 1986/87, antes de perder o segundo jogo por 1-0. O Sevilha espera tornar-se no primeiro clube a vencer a UEFA Europa League pela quarta vez.

Três outras equipas ostentam também três triunfos na competição, Internazionale Milano, Juventus e Liverpool. O Dnipro vai procurar ser a terceira equipa ucraniana a ganhar um grande troféu da UEFA depois do FC Dynamo Kyiv (Taça dos Vencedores das Taças em 1975 e 1986) e FC Shakhtar Donetsk (Taça UEFA em 2009). O Sevilha aspira a ser o quarto vencedor espanhol da UEFA Europa League num tempo recorde de seis temporadas. Ainda nenhuma equipa espanhola perdeu uma final da Liga Europa para um adversário estrangeiro.

As equipas italianas venceram por nove vezes a Taça UEFA e a UEFA Europa League, mais do que qualquer outra nação, não havendo triunfos desde que o Parma ganhou o troféu em 1988/89. Todavia, a Espanha a aproximar-se rapidamente com oito vitórias somadas até à data, seis nos últimos 11 anos. O Dnipro iniciou a época 2014/15 na terceira pré-eliminatória da UEFA Champions League, o que significa que fez maior percurso (18 jogos, contra 14 do Sevilha) até chegar à final. O Dnipro cometeu 247 e sofreu 230 faltas na actual competição. Foi também o clube que viu mais cartões amarelos, 51, mais 18 do que qualquer outra equipa, e mais 20 do que o Sevilha. O Sevilha soma 138 jogos nas competições da UEFA contra 114 do Dnipro.            

As equipas vão defrontar-se pela primeira vez. O único confronto do Dnipro frente a equipas de Espanha aconteceu na derrota por 2-1 com o Real Saragoça, na fase de grupos da Taça UEFA 2004/05, quando na altura era treinado por Yevhen Kucherevskiy. O Sevilha não perde há quatro jogos com equipas da Ucrânia, averbou três triunfos após um empate. Bateu o FC Shakhtar Donetsk nos oitavos-de-final a caminho do segundo triunfo na Taça UEFA, em 2006/07.

VAVEL Logo
CHAT