Escolhas VAVEL: Jogadores que se destacaram/revelaram em 2014/2015
Liga NOS 2014/2015: Jogadores que se destacaram/revelaram

Escolhas VAVEL: Jogadores que se destacaram/revelaram em 2014/2015

No término de mais uma temporada em Portugal, surge a hora de fazer referência a alguns jogadores que se destacaram no campeonato

joaoratinho
João Ratinho

No passado dia 23 de maio deu-se por encerrada  a temporada 2014/2015. Entre campeões e despromovidos, alguns jogadores destacaram-se e outros revelaram-se, trazendo à liga portuguesa bons momentos de futebol. Estes são apenas alguns desses exemplos, escolhidos a dedo por Vavel Portugal, sob a batuta selectiva de João Ratinho, membro da redacção:

Jackson Martínez (FC Porto)

O colombiano realizou a sua 3ª temporada ao serviço dos FC Porto e, mais uma vez, foi o melhor marcador ao marcar 21 golos no campeonato e 32 em todas as competições. Um ponta-de-lança como existem poucos no futebol mundial e que poderá estar de saída do FC Porto.

Jonas (Benfica)

Contratado ao Valência a custo zero, Jonas demorou a impôr-se no onze inicial, mas quando se mostrou a Jorge Jesus e aos adeptos, não saiu mais. Na sua época de estreia pelo Benfica e no campeonato português, o brasileiro foi o 2º melhor marcador com 20 golos, apenas a 1 de Jackson Martínez. No campeonato sagrou-se o jogador com melhor média de golos, com 0,74 por jogo, e também o jogador com o maior número de bis. Em todas as competições marcou 31 golos.

André André (Vitória FC)

O vimaranense realizou uma época muito positiva, tendo sido um dos protagonistas que ajudou o Vitória de Guimarães a chegar ao 5º lugar. Caracteriza-se por ser um médio organizador que desencadeia muitos ataques, conseguindo 11 golos no campeonato e 13 e todas as competições.

Cristian Tello (FC Porto)

Emprestado pelo Barcelona ao FC Porto por 2 épocas, o espanhol conseguiu um lugar de destaque entre as armas de ataque de Lopetegui, tendo marcado 7 golos no campeonato. A lesão atrapalhou o resto da época e afetou, igualmente, o ataque do FC Porto, que ficou desfalcado.

Nani (Sporting)

Depois de 7 épocas em Manchester, Nani regressou a Portugal, ao seu Sporting. Foi uma das grandes estrelas desta temporada, trazendo muita qualidade ao futebol português e, em especial, ao futebol do Sporting, bem como experiência nas competições europeias. Marcou 7 golos no campeonato e 12 em todas as competições, alguns deles muito decisivos.

Hassan (Rio Ave)

O egípcio Ahmed Hassan, que jogava pelo Rio Ave, foi um dos melhores marcadores do campeonato, ao marcar 12 golos, e 15 em todas as competições. Fez uma época bastante positiva e produtiva, de tal forma que o Benfica se antecipou e assegurou a sua contratação para a temporada 2015/2016.

André Carrillo (Sporting)

Se nas primeiras 3 temporadas os adeptos estavam reticentes com a irregularidade das suas exibições, marcada por boas fases e outras mais apagadas, esta foi a época de afirmação do peruano, que realizou uma temporada de luxo em qualquer uma das competições, tendo marcado 5 golos no campeonato e 7 na totalidade, e feito outras tantas assistências.

Yacine Brahimi (FC Porto)

Depois de ter realizado um Mundial de grande qualidade, o FC Porto assegurou a sua contratação. E não foram precisos muitos jogos para mostrar o que vale. Brahimi é, sem dúvida, dos melhores jogadores do campeonato, um jogador muito completo e competente, quer jogue a médio, quer jogue a extremo. A sua qualidade de passe e remate e a sua visão de jogo fazem dele um jogador de destaque, tendo marcado 7 golos no campeonato e 13 em todas as competições.

Lima (Benfica)

O goleador brasileiro marcou, esta temporada, 19 golos, sendo o 3º melhor marcador do campeonato. Lima e Jonas foram umas “máquinas” de fazer golos, uma dupla destrutível que ameaçou qualquer defesa. Na sua 3ª época ao serviço do Benfica, Lima continua com um papel de destaque .

VAVEL Logo