Copa América: Brasil sofre para bater Venezuela e assegura apuramento

Com golos de Thiago Silva e Roberto Firmino, o Brasil bateu ontem a Venezuela, não sem antes sofrer e suar para confirmar o triunfo que colocou a selecção «canarinha» nos quartos-de-final da Copa América. A Venezuela ficou pelo caminho.

vavel
VAVEL
Copa América: Brasil sofre para bater Venezuela e assegura apuramento

O Brasil venceu ontem a Venezuela e garantiu, ainda sem antes sofrer a bom sofrer, a apuramento para os quartos-de-final da Copa América; os golos do central Thiago Silva e do avançado Roberto Firmino foram suficientes para garantir o triunfo sobre a selecção sensação da primeira ronda da prova.

Sem Neymar, castigado após os desacatos com Carlos Bacca, no final do Brasil x Colômbia, o Brasil entrou com alta rotação e rapidamente mostrou a sua natural superioridade. Thiago Silva marcou na sequência de um canto e Firmino, após passe do exuberante Willian, tocou para o fundo das redes de Baroja.

A vencer por 2-0 a partir do minuto 51, o Brasil acatou as ordens do seleccionador Dunga e remeteu-se a um controlo táctico que implicou uma maior passividade e menor posse de bola. Pressentindo a maior pendor defensivo «canarinho», a Venezuela subiu no terreno e acabou por reduzir a desvantagem por Miku, que entrara aos 72 minutos, 12 antes do golo de cabeça que bateu Jefferson.

A Venezuela acentuou a pressão, em busca do golo do empate, mas a defensiva brasileira tremeu e resistiu; já com David Luiz e Marquinhos em campo, o Brasil super-defensivo de Dunga (com quatro centrais no onze a partir do minuto 76) abdicou de atacar e remeteu-se a um risco defensivo que fez os adeptos da «canarinha» suarem de temor e incerteza. Com este resultado, o Brasil apurou-se para os quartos-de-final da prova, ficando a Venezuela de Noel Sanvicente fora da Copa.

VAVEL Logo
CHAT