Futuro feito de esperança: Eis o novo Sporting de Jorge Jesus
O Sporting de Jesus já está em andamento (foto: scp.pt)

Futuro feito de esperança: Eis o novo Sporting de Jorge Jesus

Aí está o Sporting versão 2015/2016. Depois de dois anos de recuperação financeira e desportiva, o leão entrou em força na nova época, mesmo antes desta começar. Ao rival Benfica os verde-e-brancos foram buscar Jorge Jesus, sinal claro de que chegou a altura de lutar por algo mais que uma qualificação para a Liga dos Campeões; do novo leão "jesuíta" espera-se mais garra, espectáculo, e vitórias, tudo em busca do título.

Francisco_Ferreira
Francisco Ferreira Gomes

Em Alvalade já lá vão os tempos da indulgência, do "candidato a candidato",e das celebrações de segundos lugares. Com a chegada de Jorge Jesus, os leões dão um claro sinal à concorrência de que o "sportinguinho" inofensivo e subserviente está morto e enterrado; juntamente com a chegada do técnico campeão nacional, há também uma clara necessidade de reforço do plantel, por forma a cumprir com os objectivos estipulados para a nova temporada.

E que objectivos são esses? Jorge Jesus não podia ter sido mais claro: o Sporting quer ganhar tudo em Portugal, dando natural ênfase ao campeonato. Todavia, e apesar de não ter sido referido, o «acordar do leão adormecido» passa também pela participação na Liga dos Campeões, prova que se afigura como fundamental para o clube de Alvalade, mormente em termos financeiros. É certo que Jesus já nos habituou a focar-se nas provas internas, deixando a Europa para segundo plano, contudo, o técnico leonino terá perfeita noção da importância de uma «Champions» na dinâmica financeira do clube.

Consumo interno

No que a reforços diz respeito, Jesus optou por primeiro olhar para dentro, e só depois procurar lá fora. O treinador dos leões tem vindo a analisar minuciosamente os jogadores do Sporting emprestados a outros clubes na época passada, por forma a perceber se estes podem constituir mais-valias para o seu plantel. Nesta extensa lista de "retornados" constam nomes como os de Wilson Eduardo, Iuri Medeiros, Ricardo Esgaio ou Zakaria Labyad. Caberá a Jesus decidir quem fica e quem sai e com alguma celeridade, é que os primeiros jogos oficiais estão a menos de um mês de distância, e o técnico leonino quer ter o seu grupo definido o quanto antes. (foto: svpn.blogspot.com)

Para além da lista de empréstimos, Jorge Jesus também terá jogadores da equipa B e das camadas mais jovens sobre olho. Em entrevista, e contrariando a política aplicada aquando dos seus anos no Benfica, o treinador leonino já afirmou que conta com um ou dois elementos jovens no plantel da nova época, sendo que os seus nomes só serão conhecidos mais lá para o fim de Julho. Nomes como os de Matheus Pereira, Gelson Martins ou João Palhinha afiguram-se, para já, como principais candidatos.

Questão central

Apesar da procura de reforços dentro de casa, os objectivos delineados por Jesus e a direcção do Sporting obrigam a uma ida ao mercado em busca de qualidade-extra. Para já confirmados apenas estão o guarda-redes Azbe Jug, o central Ewerthon e o avançado costa-riquenho Bryan Ruiz. No que toca a reforços, Jesus apontou para um número de caras novas entre as três e cinco, assim, são de esperar novidades para os lados de Alvalade no que a reforços diz respeito. Rumores são muitos; os casos de Téo Gutiérrez e Mitroglou são os mais falados de momento, isto para não falar do carregamento industrial de defesas centrais alegadamente na mira dos leões. É mais do que certo que o Sporting terá de contratar um central de inegável qualidade, uma certeza realçada ainda mais pela recente lesão de Ewerthon, que afasta o brasileiro dos relvados durante três meses. (fotos: abola.pt)

Jorge Jesus coração de leão

Durante as ainda poucas semanas de trabalho de Jorge Jesus com a sua nova equipa, já começa a ser visível aquilo que os adeptos leoninos esperavam; perante este novo desafio e a luta contra o calendário, o novo treinador do Sporting não perdeu tempo e arrancou com um plano de trabalhos à sua imagem: intenso, dedicado e profissional. Com Jesus os leões trabalham ao máximo e sem restricções de tempo; não interessa o tempo que se demore num treino, com Jesus o trabalho apenas está terminado quando estiver bem feito, demore o tempo que for preciso. (foto: record.xl.pt)

Apesar de ainda ter algumas carências no seu plantel, principalmente na defesa, é impossível não colocar o Sporting como um dos candidatos ao título este ano, partindo assim em pé de igualdade com Benfica e FC Porto. Apesar da pressão e do constante escrutínio com que se irá deparar, especialmente no arranque da época, Jorge Jesus mostra-se preparado para os desafios que aí vêm, montando, a cada dia que passa, um Sporting à sua imagem, e que promete assumir-se, dentro das quatro linhas, como um dos mais sérios candidatos ao título nacional.

VAVEL Logo
CHAT