FC Porto cede promessa: Gonçalo Paciência é novo reforço da Académica
Foto: Reprodução Facebook/Académica de Coimbra

FC Porto cede promessa: Gonçalo Paciência é novo reforço da Académica

Gonçalo Paciência já faz parte do plantel da Académica e treina, agora, às ordens de José Viterbo, por empréstimo, até ao final desta época que se avizinha.

fabia-cortinhas
Fábia Cortinhas

O avançado de 20 anos é reforço confirmadíssimo da Briosa. O internacional sub-21 já treinou, hoje, às ordens de José Viterbo. O tão desejado reforço já está garantido e termina assim este caso que se arrasta desde Janeiro, aquando do mercado de Inverno, já que a Académica não escondia o interesse no avançado, mas Lopetegui quis manter Gonçalo Paciência.

O mesmo não aconteceu esta época, o técnico azul e branco não integrou o jogador no estágio realizado na Alemanha, dando a entender que não contaria com ele para a época que, depressa, se avizinha. A verdade é que a Académica não podia estar mais satisfeita e, ao que parece, Gonçalo Paciência não esconde, ele também a satisfação de representar a Briosa «Estou feliz. Este é um clube com história no futebol português. Depois de um período a negociar, finalmente estou cá e espero ajudar a equipa, porque foi para isso que vim. (...) É um clube organizado, com boas condições. Temos uma boa equipa e agora é começar a trabalhar. Acho que vim para um bom clube», disse o avançado em declarações à Briosa TV.

O jovem jogador não poupou elogios a toda a organização e ao clube, esclarecendo que o seu objectivo é, antes de marcar golos, ajudar a Académica «Primeiro estão os objectivos da Académica. Quero ajudar e sou mais um, não sou diferente de ninguém. Gostava de fazer golos... muitos golos, mas primeiro a Académica», acrescentou o jogador nas mesma declarações.

Conselhos do pai e de colegas sub-21

Gonçalo Paciência disse também que, para além do seu pai (Domingos Paciência), que já comandou a Briosa, aconselhou-se com alguns jogadores que já defenderam a equipas das capas negras, como Ricardo (guarda redes do FC Porto) e Ricardo Esgaio (lateral do Sporting), que foi vice-campeão neste passado Europeu de sub-21 juntamente com Paciência, «Aconselhei-me com o Ricardo, que já passou por cá. Com o Esgaio também, porque joguei com ele nos sub-21. O meu pai também passou por aqui e toda a gente me deu boas referências, dizendo que era o clube ideal para crescer e atingir o que pretendo», concluiu o promissor ponta-de-lança.

Posto isto, Gonçalo Paciência acredita ter aqui uma oportunidade para mostrar o seu valor no campeonato português e ocupar, em definitivo, um lugar no plantel do FC Porto, onde joga desde os 9 anos. Por agora, servirá a Académica, segundo o contrato, até ao final da próxima época.

VAVEL Logo
CHAT