Transferência do Verão: Ángel Di María deixa United e ruma ao PSG

Transferência do Verão: Ángel Di María deixa United e ruma ao PSG

Di María, de 27 anos, já é oficialmente jogador do Paris Saint-Germain, numa transferência que rendeu aos cofres do Manchester United a recheada quantia de 65 milhões de euros.

beatriz-goncalves
Beatriz Gonçalves

O jogador argentino Ángel Di María é o mais recente reforço do Paris Saint-Germain, num mercado de transferências que não dá descanso aos aficionados do futebol mundial. Depois de uma temporada ao serviço do Manchester United, o jogador transfere-se agora para o clube francês num contrato que se estende até junho de 2019 (4 temporadas), reunindo-se com o ex-colega de equipa no Benfica, David Luiz. Quanto ao ordenado, o argentino deverá receber 15 milhões de euros por ano, sendo o segundo mais bem pago do plantel, só atrás de Zlatan Ibrahimovic.

Um reforço de qualidade extraplanetária

Ángel Di María é dos melhores extremos esquerdos do mundo, devido à sua extrema velocidade e capacidade de ruptura, com um pé esquerdo mágico e capacidade de cruzamento e remate de qualidade extraplanetária. Depois de ter tido êxito no Sport Lisboa e Benfica e no Real Madrid, com títulos e glórias inesquecíveis (campeão luso em 2009/2010, campeão espanhol em 2012/2013 e vencedor da «Champions» em 2013/2014), o astro vice-campeão do mundo pela Argentina chega ao PSG numa fase complicada decorrente da passagem tímida pelo Manchester United, onde não teve preponderância na equipa de Van Gaal. 

Di María brilhou no Real Madrid

O extremo, que já movimentou cerca de 180 milhões de euros em transferências milionárias, chega ao emblema francês para se juntar a uma constelação de estrelas que junta o uruguaio Cavani, o sueco Ibrahimovic, o argentino Pastore e os brasileiros David Luiz e Thiago Silva. A transferência do extremo provocou muito entusiasmo no clube francês, como o próprio presidente demonstrou em declarações ao site do PSG. «Estamos orgulhosos por Di María ter escolhido o PSG. É um jogador cheio de talento, grande capacidade para superar os adversários e uma velocidade incrível", afirmou Nasser Al-Khelaifi, declarando ainda que esta contratação demonstra a "ambição do clube em querer chegar cada vez mais alto».

Motivação renovada em Paris depois do falhanço de Manchester

O treinador dos parisienses, Laurent Blanc, também demonstrou entusiasmo, argumentando que o clube queria que «ele viesse», esperando que o jogador «traga qualidade e aumente o nível da equipa». O extremo, que despertou a atenção do Benfica enquanto progredia no Rosario Central, da Argentina, brilhou no Benfica de Jesus antes de ingressar no Real Madrid, onde actuou durante 4 temporadas; em 2014/2015, a expectativa criada pela avultada transferência para o United frustrou-se, com o argentino a ficar aquém das exigências do clube, acabando por isso dispensado pelo treinador holandês dos «Red Devils».

Passem por Old Trafford foi falhada (Foto: Alastair Grant/AP)

O argentino, por sua vez, não esconde a sua ambição nesta nova etapa: «O que me motivou a vir para o PSG foi o entusiasmo para alcançar objectivos amplos», afirmou, acrescentando a vontade de ganhar a Liga dos Campeões pelo clube francês. Demonstrou-se ainda «orgulhoso e ansioso para vestir as cores do Paris Saint-Germain», acrescentando que todos farão «todo o esforço para trazer aos fãs do Paris Saint-Germain e da França o maior troféu europeu». 

VAVEL Logo
CHAT