As melhores transferências da Premier League e as potenciais mais-valias futuras

As melhores transferências da Premier League e as potenciais mais-valias futuras

Depois de uns últimos dias muito agitados no mercado de transferências na Premier League, iremos analisar aquelas que para nós podem ter mais impacto na Liga e debruçamos-nos sobre eventuais movimentações para aquilo que resta do mercado de Verão.

ffontes93
Francisco Fontes

A Premier League todo os anos conhece um Verão agitado, com sucessivos negócios multimilionários a ocorrerem. Neste artigo, iremos ordenar aquelas que achamos serem as 10 melhores contratações deste defeso na Premier League. Iremos ter em conta não só o potencial do reforço como também o valor da transferência e o seu eventual impacto na nova equipa.

#10: Xherdan Shaqiri - Stoke City

O prodígio Suiço, que trocou o Inter pelo Stoke por uma verba a rondar os 15 milhões ocupa o último lugar do ranking. O jovem de 23 anos (que já conquistou quase tudo o que há para conquistar no futebol, desde Campeonatos, passando por Taças e Champions) tem aqui uma oportunidade de ouro para relançar a carreira e a sua potência física e velocidade parecem assentar que nem uma luva na Premier League. O seu talento talvez merecesse ser aproveitado numa equipa com outro tipo de ambições mas a verdade é que poderá ser uma peça vital na sua equipa, que certamente será construída à sua volta. 

Shaqiri será peça fundamental na temporada do Stoke. (Fonte: EPL)

#9: Georginio Wijnaldum - Newcastle United

Na mira do Chelsea durante grande parte do defeso, o Newcastle conseguiu garantir os serviços do internacional Holandês por 18 milhões de Euros. Wijnaldum irá certamente fazer toda a diferença no meio campo da equipa do Norte de Inglaterra. Dono de um pulmão enorme e de uma bela visão de jogo e qualidade de passe, o futuro é risonho para este jovem. Apenas com 24 anos, o centro-campista será peça fundamental da equipa inglesa, contando que os Magpies o consigam reter durante muito tempo. Até agora, nas 3 primeiras jornadas do campeonato, foi claramente o homem mais da equipa de St.James Park.

Wijnaldum estreou-se a marcar no primeiro jogo pelo Newcastle. (Fonte. UEFA)

#8: Andre Ayew - Swansea City

Um dos muitos jogadores que abandonaram o Marselha neste Verão, Ayew chegou a custo zero ao País de Gales. Um clube que parece indicado para uma primeira experiência na Premier League, onde terá certamente muitos minutos. O ganês encaixará que nem uma luva no estilo de jogo da equipa, em que o movimento ofensivo é construído à volta de Gomis. Certamente, a velocidade e profundidade que o ex-Marselha traz a jogo irão fazer a diferença. Até agora, Ayew tem sido juntamente com Gomis os homens em destaque no Swansea.

Ayew marcou um golo ao Chelsea na jornada inaugural. (Fonte: Mirror)

#7: James Milner - Liverpool

O Liverpool conseguiu resgatar o "faz-tudo" do City James Milner neste mercado de transferências por custo zero, um verdadeiro "negócio da China". Apesar de não ser um jogador que venda camisolas pois não tem um estilo de jogo muito técnico e que agrade às massas, a verdade é que é um jogador que deve agradar a qualquer treinador. O seu espírito combativo, disponibilidade física e polivalência (pode fazer todas as posições do meio-campo) são quase inigualáveis no futebol Inglês e com certeza será um reforço de peso para um meio-campo que ficou órfão de Steven Gerrard esta época.

A influência de Milner é inquestionável: é um dos vice-capitães do Liverpool. (Fonte: Daily Mail)

#6: Nicolas Otamendi - Manchester City

Apesar de ainda não ter jogado ao serviço do City, Otamendi é sem dúvida o melhor reforço da Premier League para o sector defensivo. Aquele que foi um dos melhores centrais do mundo em 2013/2014 juntou-se à turma de Pellegrini por um valor a rondar os 45 milhões de euros. Apesar de ser um valor muito elevado, o valor desportivo de Ota é inquestionável. Apesar de não ter a presença física de jogadores como Mangala, o Argentino é dotado de um forte poder de impulsão, capacidade de antecipação e de construção de jogo a partir de uma área mais recuada do terreno. A sua contratação permite igualmente tirar um pouco de pressão a Mangala (que começou muito bem a época) e encaixa que nem uma luva - dadas as lesões sucessivas de Kompany - numa equipa que conta agora com um quarteto defensivo de luxo. 

Otamendi é o quinto Argentino a juntar-se ao City. (Fonte: MCFC)

#5: Raheem Sterling - Manchester City

Apesar do valor absurdo de 68 milhões de Euros pagos pelo City ao Liverpool (única razão pela qual Sterling não entra no top 3 deste ranking), é inquestionável que os Citizens têm nas mãos um diamente. Golden Boy em 2013/2014, o jovem  de apenas 20 anos é a maior esperança do futebol britânico desde Wayne Rooney e as suas duas épocas ao serviço dos Reds mostraram o porquê. Com uma velocidade vertiginosa e capacidade de drible imensa, Sterling dá ao City uma nova maneira de abordar o movimento ofensivo, com mais lançamentos em profundidade e que poderão ser letais para as defensivas contrárias. É esperado que comece a expôr nos relvados todo o seu futebol uma vez ultrapassado o período natural de adaptação a uma nova realidade e assim que consiga sacudir um pouco toda a pressão mediática que o acompanha desde que deixou a cidade dos Beatles. 

Sterling será figura de proa do City, juntamente com Aguero, Touré e David Silva. (Fonte: AP)

#4: Morgan Schneiderlin - Manchester United

Proveniente do Southampton por uma verba a rondar os 35 milhões de euros, o internacional Francês é um daqueles jogadores que, à semelhança de Busquets, passa desapercebido durante grande parte do jogo mas tem um papel fundamental em todos os processos deste último. Schneiderlin parece ser o médio que faltava ao United no ano passado. Com grande capacidade de recuperação de bola, o francês impressiona também por conseguir transportar esta última até ao derradeiro terço do terreno. Tem tudo para pegar de estaca na equipa de Louis Van Gaal e de ser o patrão do meio-campo da equipa durante largos anos.

Schneiderlin é o médio que faltou ao United durante largos anos. (Fonte: Goal.com)

#3: Petr Cech - Arsenal 

Proveniente do Chelsea por 15 milhões de Euros, o Arsenal conseguiu finalmente garantir um Guarda-Redes de classe Mundial. Depois de ter passado a época passada no banco do Chelsea, Cech encontrou um clube que encaixa naquilo que o Checo pretendia: jogar com minutos a alto nível e lutar por títulos. Apesar de as primeiras semanas enquanto Gunner não terem corrido de feição (ficou muito mal na fotografia no golo sofrido frente ao West Ham na primeira jornada) ao gigante Checo, a sua qualidade é inegável e certamente irá garantir muitos pontos à turma de Arsène Wenger.

Cech é o novo dono das redes do Emirates Staidum. (Fonte: Daily Mirror)

#2: Pedro Rodríguez - Chelsea

A segunda melhor contratação deste defeso pertence a José Mourinho, que conseguiu resgatar Pedro Rodríguez ao Barcelona por 28 milhões de Euros, um pouco à semelhança daquilo que tinha feito com Fábregas no ano anterior. Um valor que pode ser considerado baixo se tivermos em conta o palmarés de Pedro e a sua qualidade, que ficou bem patenteada no seu percurso glorioso no Barcelona, sobretudo durante a era Guardiola. Pedro traz consigo não só muita experiência mas também velocidade, drible curto e capacidade de golo. O Canário irá, com certeza, ultrapassar a marca dos 8/10 golos esta temporada e será certamente entusiasmente ver a frente de ataque dos Blues com Hazard - Pedro - William - Diego Costa.

Pedro será peça fulcral para Mourinho tentar repetir o sucesso de 2014/2015. (Fonte: CFC.com)

#1: Memphis Depay - Manchester United.

Quando se consegue o melhor marcador do Campeonato Holandês e o maior prodígio daquele país desde Arjen Robben por apenas 28 milhões, provavelmente terá lugar reservado no topo das melhores transferências. Memphis Depay parece ser o sucessor digno da camisola número 7 em Old Trafford usada por jogadores lendários como Best, Cantona, Beckham ou Cristiano Ronaldo. O jovem de apenas 21 anos tem o físico, a mentalidade e a capacidade técnica para ser um futuro bola de Ouro e mostrará isso certamente no United. Com certeza que a sua falta de maturidade será notória numa primeira fase da sua carreira em Old Trafford mas é inegável que estamos perante um jogador que não tem que enganar: forte no um para um, com disponbilidade física e insitinto goleador como não se via na Premier League desde Cristiano Ronaldo

Depay tem sido equiparado a CR7. (Fonte: Goal.com)

Quanto aos últimos dias de mercado, certamente poderemos esperar algumas movimentações, como a Premier League nos tem habituado. Tem-se falado da chegada de vários nomes incontornáveis do futebol Mundial como Pogba, Hamsik, Reus ou Podolski e certamente haverá novidades nos próximos dias.

VAVEL Logo
CHAT