Arouca x Benfica: Águias podem capitalizar tropeções de Porto e Sporting

Arouca x Benfica: Águias podem capitalizar tropeções de Porto e Sporting

O Benfica desloca-se a Aveiro para defrontar o Arouca, podendo, caso vença, ascender à primeira posição com mais dois pontos que os rivais FC Porto e Sporting, que ontem tropeçaram e cederam os primeiros pontos na Liga. O Arouca também poderá saltar para a liderança, caso cause uma surpresa e derrote o campeão.

vavel
VAVEL

Quem diria que à segunda jornada o Benfica poderia destacar-se de ambos os rivais, Sporting e FC Porto? É verdade que a corrida pelo título ainda agora começou, mas a verdade é que, caso bata a oposição do Arouca, em Aveiro, o bicampeão nacional poderá ganhar vantagem de dois pontos para os dois rivais, logo na segunda jornada da Liga - mais que a vantagem pontual, será a alavancagem psicológica aquela que poderá ter fortes efeitos positivos no colectivo encarnado, e os reversos nos outros candidatos.

Mas para fugir aos rivais o Benfica terá de ultrapassar o obstáculo chamado Arouca - a equipa de Lito Vidigal arrancou a Liga com uma vitória forasteira sobre o Moreirense (0-2) e não se advinhará pêra doce para o novo Benfica de Rui Vitória, que ainda passa por um complexo processo de consolidação do sistema de jogo. Os primeiros 70 minutos da partida contra o Estoril, na Luz, demonstraram, limpidamente, que o encarnados ainda buscam a forma ideal, jogando um futebol desgarrado e muito dependente da magia do maestro Gaitán.

Benfica tem supremacia histórica sobre Arouca

Enquanto o Arouca, que também tem novo treinador (Lito Vidigal preencheu o vazio deixado por Pedro Emanuel), mostrou uma equipa bem arrumada no seu sistema táctico, segura nos processos defensivos, o Benfica apresentou-se numa forma medíocre, apesar de mimetizar o velho 4-4-2 ofensivo de Jesus. Júlio César foi o elemento fundamental que permitiu, na semana passada, anular as investidas dos «canarinhos», abrindo a porta para os 20 minutos de bom futebol com que o Benfica encerrou a partida.

O Benfica terá, a par do seu natural favoritismo, a História a seu favor: as águias apenas perderam pontos contra o Arouca numa ocasião, (a contar para a Liga, em pleno reduto da Luz). Nas duas últimas temporadas, o Benfica averbou quatro vitórias (uma delas para a Taça da Liga, por 4-0) e um empate (2-2, em casa), e, na temporada 2010/2011, deu-se a maior goleada, com um 5-1 a favor das águias (para a Taça de Portugal). Atenção aos «pistoleiro» Jonas: ele sabe como afligir dor à defesa arouquense.

Carcela pode saltar para o 11 do Benfica, Simão e Coelho serão maestros do Arouca

O Benfica poderá já contar com os reforços Mehdi Carcela e Raúl Jiménez, ambos aptos para entrar na partida; o extremo poderá mesmo saltar directamente para o onze titular, ocupando a faixa direita do ataque, lugar que não tem sido detido por um jogador de qualidade incontestável - Ola John debate-se por impressionar (ainda) e Anderson Talisca não tem demonstrado qualidade para preencher o vazio deixado pelo titularíssimo Salvio. Jiménez, esse, deverá ficar-se pelo banco de suplentes, com Mitroglou ao lado de Jonas.

A nova estrela do Benfica, Nélson Semedo, voltará a dominar a faixa direita da defesa, enquanto no eixo, é expectável que Rui Vitória volte a apostar no bom trabalho de Lisandro López, apesar da disponibilidade de Jardel, que retornou de lesão. Pizzi deverá voltar a abandonar o onze, em detrimento de Samaris. No Arouca, Nuno Coelho será o timoneiro do meio-campo, com David Simão a orquestrar os ataques da formação de Lito Vidigal.

Onzes prováveis do Arouca x Benfica

VAVEL Logo
CHAT