Champions League: Resultados do «play-off» de acesso à prova dos milhões

Champions League: Resultados do «play-off» de acesso à prova dos milhões

Os jogos da segunda mão do playoff de acesso à Liga dos Campeões disputados esta Terça-feira propiciaram algumas surpresas nos emblemas apurados para a prova milionária. Dinamo Zagreb, Malmö, Maccabi Tel Aviv, FC Shakhtar Donetsk, Valencia, Astana, FC BATE Borisov, Bayer 04 Leverkusen, Man. United e CSKA Moskva levaram a melhor sobre os seus opositores, conquistando o acesso à fase de grupos da liga dos campeões.

ricardo-cruz
Ricardo Cruz

Resultados da segunda mão dos «play-offs» de acesso à Liga dos Campeões

Dinamo Zagreb  4 - 1 Skënderbeu ( Resultado das duas mãos: 6 - 2 ) 

Malmö 2 - 0 Celtic ( Resultado das duas mãos: 4 - 3 )

Maccabi Tel Aviv 1 - 1 Basel ( Resultado das duas mãos:  3 - 3, Maccabi Tel Aviv vence com golos marcados fora.)

FC Shakhtar Donetsk 2 - 2 Rapid Wien ( Resultado das duas mãos: 3 - 2 )

Mónaco 2 - 1 Valência ( Resultado das duas mãos: 3 - 4 )

Apoel 1 - 1 Astana ( Resultado das duas mãos: 1 - 2 )

Partizan 2 - 1 FC BATE Borisov ( Resultado das duas mãos: 2 - 2, BATE Borisov vence com golos marcados fora.) 

Bayer 04 Leverkusen 3 - 0 Lazio ( Resultado das duas mãos: 3 - 1 )

Club Brugge 0 - 4 Manchester United (Resultado das duas mãos: 1 - 7 ) 

CSKA Moskva 3 - 1 Sporting CP ( Resultado das duas mãos: 4 - 3 )

Malmö e Maccabi Tel Aviv foram as grandes surpresas

Os jogos de terça feira proporcionaram algumas surpresas no que diz respeito às equipas apuradas para a fase seguinte da prova milionária. Na Croácia, o Dínamo Zagreb não sentiu dificuldades em vencer o Skënderbeu em casa por 4-1 depois de na primeira mão ter derrotado a formação albanesa por 2-1.

Depois de ter perdido na Escócia por 3-2 no jogo da primeira mão, o Malmö eliminou o Celtic Glasgow ao vencer em sua casa por duas bolas a zero (2-0). O tetra campeão escocês vê-se assim afastado de uma competição em que já participou diversas vezes. 

Os israelitas do Maccabi Tel Aviv foram a outra surpresa da noite. A equipa orientada por B. Tabak empatou em casa com o Basileia por 1-1 depois do empate na Suiça a duas bolas. Zahavi foi o herói do jogo ao fazer o golo do empate para a equipa israelita. O Shakhtar empatou a duas bolas com os austríacos do Rapid de Viena. A vitória na primeira mão (1-0) disputada na Áustria foi determinante para o apuramento da equipa ucraniana.

O Valência apurou-se para a fase de grupos da Liga dos Campeões mesmo tendo perdido (2-1) na segunda mão do play-off, uma vez que venceu com uma vantagem maior (3-1) na passada semana. Nuno Espirito Santo levou a melhor sobre o seu compatriota Leonardo Jardim, depois de duas mãos disputadas ao limite. 

Sporting afastado do sonho milionário 

Ontem como em 2005, o Sporting saiu derrotado pelo CSKA depois de ter ido para o intervalo a ganhar. Se há dez anos atrás o 1-3 de Lisboa custou um título europeu, agora o 1-3 da Arena Khimki afastou dos cofres leoninos nada menos do que 14 milhões. Jorge Jesus apostou na experiência. Com Adrien de regresso ao onze, o técnico conservou a titularidade de Aquilani e sacrificou Slimani. Os russos do CSKA foram mais corajosos. Mesmo precisando de marcar três golos na segunda parte, os jogadores nunca desistiram. A velocidade e capacidade de desmarcação de Seydou Doumbia e Ahmed Musa colocaram inúmeros problemas à defesa sportinguista. Uma dupla que se revelou letal. 

Domingos Paciência também se despediu ontem da liga milionária. O empate (1-1) diante do Astana não chegou para anular a derrota por 1-0 na 1ª mão. O APOEL comandado pelo técnico português foi sempre mais perigoso, contudo, segundo o técnico português a ineficácia foi a principal razão do adeus à Champions. É importante referir que pela primeira vez o Cazaquistão conseguiu ter uma equipa na fase de grupos da Champions (é o 32º país a consegui-lo.) 

Depois de ter perdido (0-1) na 1ª mão, frente aos italianos da Lazio, o Leverkusen não deu hipótese em casa. Çalhanoglu, Mehmedi e Bellarabi foram os autores dos golos do apuramento. Pelo terceiro ano consecutivo o Bayer Leverkusen estará na fase de grupos da Champions.

Depois da vitória esclarecedora em Old Trafford (3-1) o United de Louis Van Gaal confirmou o regresso à Champions com um hat-trick de Wayne Rooney. Sem surpresa os red devils voltaram a demonstrar o seu valor com uma goleada por 4-0. Não fosse o pénalti falhado de Chicharito e o resultado até poderia ser mais dilatado. Esta será a 20ª participação do Manchester United, igualando os registos de Real Madrid, Barcelona e FC Porto. 

O "quase sempre" campeão BATE Borisov (campeão da liga Bielorussa há 9 anos consecutivos) confirmou a passagem à fase de grupos apesar da derrota em Belgrado (1-2), depois de beneficiar da vitória (1-0) na primeira mão do playoff. Para uns, o sonho caiu por terra. Para outros, a viagem à liga das maravilhas ainda agora começou. 

VAVEL Logo
CHAT