Primeira vez na Liga Europa: Nulo no Restelo permite ao Belenenses fazer História

Primeira vez na Liga Europa: Nulo no Restelo permite ao Belenenses fazer História

A formação lisboeta empatou ontem 0-0 no Restelo e, com esse resultado, garantiu a presença na fase de grupos da Liga Europa, feito comemorado pela primeira vez na História do clube da Cruz de Cristo.

vavel
VAVEL

O Belenenses garantiu ontem o convívio europeu na UEFA Liga Europa, feito alcançado pela primeira vez pelo clube do Restelo - o empate caseiro em casa, frente do clube austríaco Altach, permitiu à equipa de Sá Pinto entrar nas lides europeias, fazendo História e catapultando o clube lisboeta para os apetecíveis palcos do velho continente.

«Estes jogadores foram enormes. Queriam muito ganhar para ter uma história bonita para contar aos filhos e netos. Serão recordados eternamente», afirmou Sá Pinto no rescaldo do jogo, que terminou com um benéfico 0-0. Na primeira mão do «play-off» de acesso, os azuis do Restelo tinham batido o Altach por 0-1, fruto de um golo do médio Tiago Caeiro.

«Estava à espera que fosse difícil, frente a uma equipa com orçamento superior. Contudo, fomos em tudo superiores a eles, faltando-nos apenas alguma maturidade», acrescentou o técnico do Belenenses, que apostou num meio-campo reforçado (com Rúben Pinto e André Sousa) e no oportunismo de Caeiro; aos 30 minutos, Rúben Pinto acertou no poste e a reacção do Altach foi perigosa: Ventura negou o golo a Salomon e Seeger, em desacerto, não executou o «lob» na perfeição, falhando o golo do empate.

Os minutos finais da partida foram de total nervosismo. Os pupilos de Belém, construídos apenas com valias lusas, encostaram-se à área e cerraram os dentes, aceitando o sofrimento que a pressão austríaca lhes causava. O chuveirinho austríaco não deu resultados, apesar dos calafrios sentidos pela defensiva do Restelo - aos 95 minutos de jogo, a festa tomou conta das bancadas do Estádio do Restelo. 

VAVEL Logo
CHAT