Domingos Paciência deixa APOEL: Falhanço no «play-off» resultou em despedimento

Durou um ápice apenas a passagem de Domingos Paciência pelo cipriota APOEL. O treinador luso falhou o apuramento para a Liga dos Campeões, diante do «outsider» Astana, e em consequência do falhanço, foi ontem despedido do cargo de treinador.

vavel
VAVEL
Domingos Paciência deixa APOEL: Falhanço no «play-off» resultou em despedimento

A passagem do técnico português Domingos Paciência pelo clube cipriota APOEL, da capital Nicósia, durou apenas quatro meses - o clube activou a cláusula que permitia o despedimento imediato do treinador caso fosse falhada a qualificação para a Liga dos Campeões. Perante o Astana, o APOEL sucumbiu no «play-off» de acesso à prova milionária e a direcção cipriota resolveu dissolver a ligação laboral com o antigo técnico de Braga e Sporting.

Domingos Paciência ficou ontem a saber da vontade da direcção em despedi-lo, facto que foi hoje consumado; o falhanço do apuramento para a UEFA Liga dos Campeões somou-se à derrota na Supertaça cipriota, perdida para o AEL Limassol. A resolução do contrato implicará, por parte do clube, uma indemnização já prevista na cláusula referida.

Assim sendo, o treinador que brilhou ao leme do SC Braga (atingiu a final da Liga Europa e lutou com o Benfica pelo título nacional 2009/2010) voltou a dar seguimento à sua carreira instável e repleta de passagens fugazes pelos clube por onde tem trabalhado - desde a experiência no Sporting, Domingos conheceu um caminho sinuoso enquanto treinador. Esta é já a quinta experiência falhada.

VAVEL Logo
CHAT