Competições europeias: Iniciativa solidária do FC Porto acolhida pela UEFA

A proposta solidária do FC Porto foi bem acolhida pela UEFA - a iniciativa, que visa ajudar o largo contingente de refugiados que tenta encontrar porto de abrigo na Europa, encontrou total aceitação por parte da instituição dirigida pelo francês Michel Platini e será implementada tanto na Liga dos Campeões como na Liga Europa.

A carta do FC Porto, dirigida à UEFA, despoletou uma acção colectiva de solidariedade que culminará com a ajuda monetária aos cerca de 360 mil refugiados - os oitenta clubes em questão doarão um euro de cada bilhete do primeiro jogo em casa para a causa. O organismo dirigido por Michel Platini encarajou também os outros clubes a juntarem-se às acções de solidariedade.

Missiva portista dirigida à UEFA

A resposta ao repto portista foi divulgada pelo clube da cidade Invicta: «A UEFA apoia totalmente a vossa iniciativa e congratula-se em informar-vos que outros clubes já seguiram o exemplo de doar dinheiro pela sua própria iniciativa para associações de caridade que estejam a cuidar dos migrantes e refugiados que estão a chegar à Europa. A UEFA apenas pode encorajar todos os clubes de futebol a seguir o vosso exemplo, ainda que não possa obriga-los a fazê-lo – terá que ser pela sua própria iniciativa».

Celtic Glasgow, Bayern Munique e Real Madrid já anunciaram também que irão realizar significativos donativos para a causa da crise dos refugiados. A edição 2015/2016 da Liga dos Campeões e da Liga Europa poderá ser disputada num contexto de solidariedade, cooperação conscienciosa e responsabilidade social - valores que são instrínsecos à noção fundamental do desporto.

VAVEL Logo