Porto x Benfica: Casillas em estreia e Maxi Pereira em 'versão Dragão'
Foto via: O Jogo/ FC Nação Portista

Porto x Benfica: Casillas em estreia e Maxi Pereira em 'versão Dragão'

Neste Porto x Benfica, a estreia de Iker Casillas em clássicos e a primeira partida de Maxi Pereira contra a sua antiga equipa são dois dos mais interessantes focos de atenção.

vavel
VAVEL

O Porto x Benfica de Domingo será um duelo que, para além da emoção e rivalidades inerentes ao espectáculo de um clássico, terá adicionais motivos de interesse que apimentarão ainda mais a partida - o histórico guardião espanhol Iker Casillas fará a sua estreia em clássicos portugueses, ao passo que o antigo sub-capitão do Benfica, Maxi Pereira, irá, pela primeira vez, defrontar a equipa que representou durante oito largos anos. 

Iker Casillas, de 34 anos, protagonizou a mais famigerada e mediática transferência do Verão de 2015, pasmando os amantes do futebol com a sua viagem, dos galácticos de Madrid para os dragões do FC Porto. O memorável «portero» do Real Madrid, que até então nunca tinha conhecido vida noutro clube, abandonou o Bernabéu para revitalizar a carreira em paragens onde se sentisse valorizado, seguro e indispensável: no Porto, Casillas satisfez esses desejos, tornando-se no dono indiscutível da baliza do Dragão.

Casillas reforçou Dragões

A transferência mais badalada (e surpreendente) do defeso foi aposta total do treinador Julen Lopetegui para providenciar segurança ao sector defensivo, mas não foi a única. A chegada polémica do internacional uruguaio Maxi Pereira também ajudou a dar maior pujança e experiência à defesa portista, órfã dos dinâmicos laterais brasileiros Alex Sandro e Danilo. O defesa direito, que se notabilizou durante oito anos na Luz, trocou as águias pelo Dragão e abalou o edifício da 'afición' benfiquista.

Se a saída de Jorge Jesus, directamente para o visceral rival lisboeta, fez tremer a confiança do universo benfiquista, a ida de Maxi Pereira, de 31 anos, para o outro grande rival, deu outro soco no estômago do Benfica; o atleta simbolizava a raça encarnada e era bastante acarinhado pela massa adepta da Luz - a ida para a cidade Invicta deixou grande parte dos fãs encarnados revoltados e este clássico será a primeira vez que Maxi actuará contra a sua antiga equipa - tal será motivo de nervosismo ou injecção de confiança?

Maxi trocou Benfica por Porto (Foto: IbTimes)

Este Porto x Benfica verá, então, a estreia de Iker Casillas em partidas entre 'grandes do futebol luso' e a primeira ocasião em que o antigo sub-capitão do Benfica defrontará a sua ex-equipa. A juntar a esses dois motivos de interesse, existe também a tremenda forma do argentino Nico Gaitán, autêntico maestro da formação da Luz (marcou nos dois últimos jogos, diante de Belenenses e Astana) e a saliente veia goleadora dos avançados Jonas, Mitroglou e Vincent Aboubakar (bisou diante do Dinamo Kiev).

VAVEL Logo
CHAT