Sporting aponta à liderança isolada, Benfica quer recuperar fôlego

Sporting aponta à liderança isolada, Benfica quer recuperar fôlego

O Sporting poderá hoje, caso vença o Boavista, ascender à liderança da Liga, fruto do tropeção do FC Porto em Moreira de Cónegos. O Benfica, que segue na perseguição aos dois rivais, poderá também retirar dividendos do empate portista.

vavel
VAVEL

O tropeção do FC Porto em Moreira de Cónegos dará hoje a oportunidade aos rivais lisboetas de ganharem terreno na luta pelo título, ainda que em diferentes patamares: o Benfica poderá recuperar dois preciosos pontos em relação ao Dragão, logo na jornada seguinte à derrota no clássico, enquanto o Sporting poderá ascender à liderança isolada da Liga NOS. Para tal, a Águia terá de bater o Paços de Ferreira na Luz, ao passo que o Leão terá de sair da toca da pantera boavisteira com os três pontos.

Benfica: na confortável Luz para recuperar pontos perdidos

O Benfica é o primeiro dos grandes de Lisboa a entrar em acção: a equipa de Rui Vitória tentará, perante uma Luz com uma moldura humada de 40.000 pessoas, levar de vencida a formação de Jorge Simão - tanto águias como castores chegam à jornada 6 após serem derrotados, por Porto e Rio Ave, respectivamente. Mas os encarnados, munidos da responsabilidade de anular dois pontos de desvantagem para com o rival nortenho, estão obrigados a bater o Paços de Ferreira.

E a Luz não poderia ser o palco mais confortável: o Benfica tem sentido extremas dificuldades para vingar fora de casa (ainda nenhuma vitória registada fora de portas nesta temporada) e apenas no conforto do lar tem sido capaz de triunfar (Estoril, Moreirense, Belenenses e Astana foram as vítimas). Já com duas derrotas em apenas cinco jogos, a equipa bicampeã não poderá tropeçar, até porque a massa associativa da Luz ainda busca ser convencida pelo novo Benfica pós-Jesus.

Sem Carrillo, Sporting aponta à liderança isolada

O Sporting faz contas diferentes: caso vença esta noite o Boavista no Bessa XXI, o Leão ascende à liderança isolada da Liga, com mais dois pontos que o Porto; diante de um Boavista tranquilo (situado no nono lugar da classificação), o Sporting tentará dar seguimento à positiva senda de jogos fora: até agora, o colectivo de Jorge Jesus só sabe vencer longe de Alvalade (a nível interno), tendo triunfado contra Tondela, por 1-2, Académica, por 1-3 e Rio Ave, por 1-2. 

Jorge Jesus confirmou, na conferência de lançamento do jogo, que o extremo peruano André Carrillo não fará parte dos eleitos, o que estenderá a ausência do jogador para três desafios (Lokomotiv, Nacional e agora Boavista), reforçando assim as chances do jovem Gelson Martins em afirmar-se no onze titular. O espaço deixado pelo atleta, que continua a viver um diferendo com a direcção leonina, pode também ser aproveitado por Carlos Mané, que constantemente espreita um lugar ao sol no onze sportinguista.

Onzes prováveis do Benfica x Paços de Ferreira

VAVEL Logo
CHAT