Sporting x Vitória SC: Vencer para depois ver a Luz
Sporting e Vitória de Guimarães encerram a sétima jornada do campeonato (foto: desporto.sapo.pt)

Sporting x Vitória SC: Vencer para depois ver a Luz

O Sporting recebe este domingo à noite o Vitória de Guimarães, em partida relativa à sétima jornada da Liga NOS. Depois de dois empates consecutivos os leões querem regressar rapidamente aos triunfos, até porque a deslocação ao Estádio da Luz está a uma semana de distância. Contudo os leões não terão tarefa fácil, já que do outro lado está um Vitória com novo treinador e que quer somar pontos para fazer esquecer a derrota diante do Braga na jornada passada.

Francisco_Ferreira
Francisco Ferreira Gomes

E nunca mais é...domingo

Para o Sporting os tempos não podem ser considerados fáceis, a equipa soma já dois jogos sem ganhar, tendo desperdiçado assim pontos que, por um lado lhes garantiriam a liderança isolada do campeonato, e por outro, colocariam os leões numa melhor posição na luta pela qualificação na Liga Europa. A juntar a tudo isto (ou talvez correlacionado), está a situação de André Carrillo, assim como a mais recente divulgação de documentos confidenciais do clube, expondo assim o clube de Alvalade, e enfraquecendo-o do ponto de vista institucional. (foto: ASF)

Todas os dias parece que algo mais é acrescentado à já ardente fogueira de polémicas, contradições, atritos e fuga de informação. O fim-de-semana parece tardar em chegar para os verde-e-brancos, que anseiam por um grande jogo para poder enfrentar toda a conjuntura que o rodeia com outra coragem e argumentos.

O escolhido para enfrentar estes ávidos leões é o Vitória de Guimarães, equipa que também anseia por acertar o passo. Depois de uma estreia menos conseguida e que resultou numa derrota diante do rival Sporting de Braga, o técnico Sérgio Conceição tem mais um grande teste pela frente. Apesar do desaire, os vimaranenses demonstraram outra atitude na ronda passada, resta esperar para ver se tal se mantém, ou não passou de «fogo de vista» originário na mudança de treinador. (foto: ASF)

Mudar para manter

Na partida da última quinta-feira diante do Besiktas, o técnico Jorge Jesus procedeu a algumas alterações no onze, umas forçadas, outras por opção, mas que, no geral deram uma resposta positiva. Na defesa, o técnico leonino optou por Jonathan Silva para o lugar de Jefferson, enquanto que Tobias Figueiredo jogou no lugar do lesionado Paulo Oliveira. No meio-campo William estreou-se a titular, e mais à frente foi Mané e o jovem Matheus Pereira a evoluirem pelas alas, enquanto que Ruiz apoiava o avançado Téo Gutiérrez.

Com a prioridade assumida no campeonato, é de esperar que Jesus baralhe e volte a dar, procurando contudo manter a postura demonstrada em Istambul. Jefferson deverá voltar ao onze, enquanto que Tobias deverá manter o seu lugar no eixo da defesa, já que Ewerton ainda não tem o ritmo desejado. No meio-campo William parece estar definitivamente de regresso, e é de esperar que João Mário regresse para fazer dupla com o médio português. No ataque levantam-se as principais dúvidas; depois de uma boa exibição de Ruiz na Turquia, e de uma não tão boa de Téo, pode-se assumir que seja o costa-riquenho a apoiar Slimani no ataque. Caso tal se confirme, as alas poderão ficar entregues a Mané e Gelson, sendo que o próprio João Mário também pode jogar nos corredores.

Equipa que perde não se mexe

No Vitória de Guimarães foi visível a satisfação de Sérgio Conceição com a atitude dos seus jogadores no desafio diante do Sporting de Braga; apesar da derrota o técnico dos vimaranenses mostrou-se orgulhoso do desempenho e atitude da sua equipa, antevendo grandes dificuldades para o Sporting caso a postura dos "Conquistadores" se mantivesse.

Assim, não são de esperar grandes alterações no onze inicial do Vitória. O novo técnico ainda está a conhecer os seus jogadores, e a boa exibição no derby do Minho deixou boas impressões, pelo que os titulares serão provavelmente os mesmos.

Leões conquistadores

Apesar do bom momento anímico dos minhotos, a verdade é que o histórico joga contra eles. Com efeito, o Vitória de Guimarães já se deslocou por 70 ocasiões a Alvalade, saindo com uma derrota em 52 ocasiões; uma das mais volumosas ocorreu na temporada 2011/2012, quando, à 22ª jornada, o Sporting vergou os vimaranenses a uma derrota por 5-0, resultado construído com os golos de Van Wolfswinkel, Matías Fernandez, Izmailov e um bis de Jeffren.

Já o Vitória de Guimarães tem de se contentar com onze empates e apenas sete triunfos, o último dos quais na época 2010/2011. Depois de estar a perder por 2-0, graças aos golos de Postiga e Vukcevic, os vimaranenses viraram o marcador em pouco mais de dez minutos; um bis de Targino e um golo de Bruno Teles deram a cambalhota no marcador. (foto: ASP)

Em busca da vitória

No lançamento do encontro deste domingo, Sérgio Conceição afirmou que, apesar das dificuldades que se antevêm, a sua equipa vai a Alvalade à procura dos três pontos. (foto: ASF)

«Vamos apanhar um candidato ao título, uma equipa forte, muito bem orientada, num jogo extremamente difícil. Isso não limita as nossas ambições de ir a Alvalade conquistar os três pontos. Ninguém prepara um jogo para empatar ou perder, prepara para ganhar.».

Os leões tiveram pouco tempo de recuperação entre o jogo na Turquia e o deste domingo. O técnico vimaranense desvalorizou a situação, afirmando que Jorge Jesus já há muito que apontou baterias para o campeonato.

«Foi assumido pelo seu treinador que iria fazer descansar alguns jogadores para atacarem da melhor maneira o objetivo principal da época. É absolutamente normal empatar um jogo não fácil, na Turquia, contra uma equipa difícil, com alguns jovens que foram lançados.».

Dividir para conquistar

Jorge Jesus anteviu muitas dificuldades para a sua equipa diante do Vitória de Guimarães. O técnico leonino elogiou os vimaranenses e o seu treinador, defendendo que a posição na tabela não faz jus às qualidades dos minhotos. (foto: ASF)

«Penso que a classificação e a pontuação não revela o real valor do Vitória de Guimarães tanto a nível técnico como a nível individual. Eles têm um jovem treinador com muita qualidade.».

Perante as dificuldades que esperam a sua equipa, Jesus defende que a sua equipa terá de contrariar a estratégia do adversário para poder alcançar o triunfo.

«É uma equipa que irá defender bem, será muito agressiva para parar o jogo e tem jogadores de qualidade, que vão criar problemas com rápidos contra-ataques. Temos de saber desmontar a estratégia do nosso adversário.»

VAVEL Logo