União da Madeira x Benfica: Vencer é a palavra de ordem da águia
Foto: SL Benfica/Facebook Benfica

União da Madeira x Benfica: Vencer é a palavra de ordem da águia

O Benfica enfrenta este Domingo a formação do União da Madeira que actualmente ocupa a 14ª posição da liga NOS. Os encarnados procuram a primeira vitória fora no campeonato nacional.

ricardo-cruz
Ricardo Cruz

União da Madeira e Benfica têm confronto agendado para este Domingo, por volta das 16:00 horas, num jogo a contar para a 7ª jornada da Liga NOS 2015/16. O duelo que vai colocar frente a frente União da Madeira e Benfica não sucedia desde 28 de Agosto de 1994, dia em que as águias triunfaram, por 2-0 (com golos de Isaías e Caniggia), num jogo referente à 2ª jornada do campeonato. 

Isaias marcou em 1994

Carcela de olho na titularidade 

Mehdi Carcela tem realizado treinos especificos com a equipa técnica benfiquista para começar a disputar mais minutos nas partidas da equipa encarnada. No jogo deste Domingo, o extremo de 26 anos , tem a possibilidade de se estrear como titular. Rui Vitória não pode fechar os olhos à condição física da equipa e Gonçalo Guedes deverá descansar no próximo encontro. O enorme esforço despendido pelo jovem jogador no jogo frente aos «rojiblancos» poderá levar o treinador encarnado a tomar a decisão de refrescar o ataque com a entrada de Carcela, que, recorde-se, soma apenas 34 minutos em partidas oficiais nesta época. 

Ao lado de Jonas deverá estar Mitroglou. O grego reassume amanhã a titularidade após ter sido suplente utilizado no duelo com o Atlético de Madrid. O internacional helénico, de 27 anos, é um dos trunfos que Rui Vitória tenciona propelir de inicio no encontro diante o União da Madeira. O treinador benfiquista admira as caracteristicas do avançado, um jogador possante, razão pela qual o utilizou nas nove partidas realizadas até ao momento. 

A vitória no Vicente Calderón deixou marcas na equipa encarnada e principalmente na frente de ataque das águias. Vitória terá de decidir se insiste no trio utilizado no encontro da liga dos campeões, ou se, por outro lado, aposta no descanso dos elementos mais desgastados. Em relação à convocatória do triunfo no terreno do Atlético de Madrid (2-1), o treinador do Benfica, Rui Vitória, deixou apenas de fora Lisandro e Cristante, mantendo os restantes 20 convocados. 

União da Madeira: proibido dar espaço a Gaitán 

Norton de Matos, técnico da equipa madeirense, sabe que a sua equipa terá de cometer o mínimo de erros possíveis. O treinador está em estado de alerta para o grande momento de forma do argentino, Gaitán. A chave do sucesso passará pela concentração máxima da sua equipa, uma espécie de mistura perfeita entre uma exibição isenta de erros e uma concentração singular.  A recente vitória dos encarnados sobre os colchoneros até poderá ter fortalecido os bicampeões nacionais, mas o técnico dos madeirenses acredita que os seus jogadores serão capazes de superar todas as adversidades. 

Trunfo Danilo Dias regressa para defrontar o Benfica 

Relativamente à convocatória para a derrota forasteira diante do Estoril-Praia (2-1), na sexta ronda, Luís Norton de Matos fez ingressar Danilo Dias em detrimento do extremo Kisley. Entregues ao departamento clínico do clube, e logicamente de fora da partida, encontram-se Ricardo Campos, que foi operado ao ombro direito, e Élio Martins, com uma lesão ligamentar.

Norton de Matos espera surpreender os encarnados

Norton de Matos não receia o Benfica no seu melhor momento. «Concordo que é o momento mais alto do Benfica esta época, não só de maior euforia, mas também o momento em que a equipa está mais estabilizada no seu processo de jogo. Há uma identificação notória e uma maior confiança dos jogadores com o Rui Vitória», afirmou. O técnico acrescentou que em termos motivacionais este é um jogo fácil de prover: «O mínimo erro tem normalmente consequências. Não podemos facilitar a vida ao adversário, ter atenção às bolas paradas e perdas de bola em zona proibida. E sabemos que têm o melhor jogador deste campeonato, o Gaitán, capaz de desequilibrar por si só, pelo que temos de fazer o possível e impossível para tentar contrariar esta qualidade.», frisou. 

Vitória acredita no primeiro triunfo fora de portas 

 O treinador das águias, Rui Vitória, acredita que vai conseguir superar todas as dificuldades no jogo deste Domingo. «Quero saudar o regresso do União. Vai ser um jogo difícil e sabemos que jogar contra o Benfica é um grande motivo de motivação. Sei que vamos defrontar uma equipa difícil e que vai criar problemas nas saídas rápidas para o ataque, mas que fique claro que vamos à Madeira com a ambição de ganhar e continuar neste caminho", afirmou em conferência de imprensa. O técnico espera conquistar a primeira vitória para o campeonato fora de casa. «O que tenho sempre dito é que estamos num processo continuo e com o tempo irá ficar mais estável. Não tenho verdades absolutas sobre essas questões, mas nós fomos ganhar ao campo mais difícil em termos europeus. O trabalho que temos feito é nesse sentido. Não acho que seja nada de anormal e com o tempo os processos ficam enraizados. Vamos ficar melhores

VAVEL Logo
CHAT