Taça de Portugal: Varzim sem medo recebe FC Porto
Varzim e FC Porto defrontam-se pela sétima vez na Taça de Portugal.

Taça de Portugal: Varzim sem medo recebe FC Porto

As equipas nortenhas disputam este sábado a 3ª eliminatória da Taça de Portugal.

pedrocorreia
Pedro Correia

Varzim e FC Porto entram em campo este sábado, às 20:15, num jogo a contar para a 3ª eliminatória da Taça de Portugal. Nesta edição da prova, o Varzim já disputou a 2ª eliminatória na casa do Maria da Fonte (vencendo por 2-0, com um bis do nigeriano Stanley Awurum), enquanto que os portistas entram pela primeira vez em campo. Recorde-se que, de acordo com os regulamentos, as equipas da primeira Liga são obrigadas a disputar os primeiros jogos fora de casa, pelo que os dragões se deslocam à Póvoa de Varzim. 

Julen Lopetegui altera convocatória; Varzim desfalcado

Comparativamente com as escolhas para o embate frente ao Belenenses, o técnico espanhol operou quatro alterações na convocatória, chamando Lichnovsky, Cissokho, Herrera e Varela, enquanto que Maxi Pereira, Rúben Neves, Marcano e Maicon não se deslocam ao terreno de jogo (os dois últimos por lesão).

Convocados do FC Porto: Helton e Casillas; Martins Indi, Lichnovsky, Miguel Layún e Cissokho;  Brahimi,  Evandro, Herrera, André André, Danilo e Imbula; Tello, Jesús Corona, Varela, Aboubakar, Dani Osvaldo e Alberto Bueno.

Relativamente ao Varzim, Quim Berto continua sem poder contar com os lesionados Tanela, João Paulo e Diego Mourão, nem poderá utilizar o guarda-redes Kadú, uma vez que está emprestado pelos azuis-e-brancos, o que inviabiliza a sua utilização. Por outro lado, o técnico dos poveiros já integrou Pedro Cervantes e Nélson Agra nos treinos, porém, apenas este último tem hipóteses de defrontar o FC Porto. Os convocados do Varzim SC ainda não foram divulgados. 

Histórico de confrontos: favoritismo azul-e-branco

Num total de 48 jogos disputados entre as duas equipas , o FC Porto venceu por 77% das vezes (37 jogos), sendo derrotado pelos «lobos do mar» por apenas 5 vezes (10%). No entanto, se restringirmos as contas à Taça de Portugal, os números não podiam ser melhores para os azuis-e-brancos: 6 jogos e 6 vitórias para a turma portista. Note-se, porém, que em jogos a contar para a Liga, a percentagem de vitórias dos «dragões» desce de 86% para 65 pontos percentuais. 

Quim Berto confiante e sem medo

Abordando o jogo deste sábado, o técnico  do Varzim referiu que a sua equipa não tem a nada a perder e relembrou que já «houve equipas de escalões inferiores que conseguiram na Taça da Portugal eliminar 'grandes'».

«A estratégia é sermos iguais a nós próprios, sabendo que vamos defrontar uma grande equipa, uma das melhores da Europa, mas não temos nada a perder, só a ganhar, e é com esse espírito que vamos entrar em campo, como com qualquer outro adversário.», começou por referir.

Quim Berto tem esperança num triunfo.
Quim Berto tem esperança num triunfo.  (Foto: Fernando Novo)

Questionado acerca de eventuais poupanças no onze portista, Berto recusou a ideia de que a qualidade do adversário seja afectada pelas escolhas de Lopetegui. «O FC Porto não tem jogadores fracos e, independentemente de jogar A, B ou C, todos vão querer aproveitar a oportunidade e mostrar-se ao treinador. Não há segundas linhas no FC Porto, sei que vão entrar com um 'onze' muito forte e nós teremos de nos agarrar às esperanças de ultrapassar este adversário.»

Sem rodeios, o treinador da equipa da segunda liga assume que pretende seguir em frente na competição. «Vamos defrontar uma equipa muito forte, mas não vamos facilitar a vida a ninguém. Seria muito fácil dizer que o nosso compromisso é o campeonato, mas não é assim. O nosso compromisso é o próximo jogo. Sabemos da valorização que este jogo nos pode dar. O objetivo é chegar o mais longe possível na Taça, temos um adversário difícil… mas vamos sem medo. Os jogos aqui são imprevisíveis. Se o Fátima e o Atlético já foram capazes de vencer...», sublinhou, acrescentando: «Jogando em casa, perante o nosso público, que nos dá sempre muita força, também podemos causar surpresa.».

Lopetegui: «O objetivo não é dar minutos, é ganhar o jogo»

Na antevisão à partida desta noite, o técnico espanhol mostrou estar ciente de que não terá facilidades na Póvoa de Varzim, mas assume que o objectivo é, obviamente, ganhar o jogo. «Esperam-se as dificuldades normais de um jogo de taça, que é um jogo único e esse é o encanto da Taça. Isso obriga-te a ganhar o jogo. Queremos ganhar, pois queremos continuar na prova. O Varzim tem adeptos, história, adeptos e tem também a ilusão de surpreender num jogo destes», afirmou.

Em relação ao onze que irá utilizar, Lopetegui garantiu que «o objetivo não é dar minutos, é ganhar o jogo», mas que qualquer jogador está apto para jogar. Por fim, quando inquirido acerca da paragem de duas semanas devidos às selecções, Julen não se alongou em grandes comentários: «Todos voltaram em boas condições. Claro que alguns com mais cansaço que outros, por jogarem mais ou por viagens mais longa. Mas estamos precavidos para isso. Trabalhamos nas paragens com os jogadores que estão cá e esperamos pelos outros para trabalharmos todos juntos. Se as paragens são boas ou más, não vou responder», concluiu.

Foto: FC Porto
Foto: FC Porto

O Estádio do Varzim SC espera uma enchente, com uma lotação a rondar os 7500 espectadores e o árbitro da partida será Manuel Oliveira (AF Porto). Acompanhe a partida em directo aqui, em Vavel Portugal.

VAVEL Logo
CHAT