Benfica x Sporting: o que mudou desde de 31 de Agosto de 2014
Benfica e Sporting jogam mais um derby (Foto: maisfutebol.iol.pt)

Benfica x Sporting: o que mudou desde de 31 de Agosto de 2014

Este domingo Benfica e Sporting voltam a medir forças entre si para o campeonato. O último derby na Luz ditou um empate a uma bola, mas daí para cá muita coisa mudou nas duas equipas.

RodolfoReis
Rodolfo Reis

Tal como na época passada o derby eterno do futebol português entre Benfica e Sporting volta a ser jogado no domingo às 17h00. Esta temporada é na oitava jornada, na anterior havia sido na terceira, e os dois conjuntos entraram e saíram separados por dois pontos na tabela classificativa, com vantagem para os encarnados. Desta vez são os leões que vão entrar no ninho da águia com mais cinco pontos, ainda que os da casa tenham um jogo em atraso com o U.Madeira.

Jorge Jesus trocou a Luz por Alvalade (Foto: desporto.sapo.pt)

Só que não é só na classificação que as coisas mudaram desde esse último encontro. A ida de Jorge Jesus para o outro lado da segunda circular provocou um autêntico «terramoto» entre os dois clubes, com a primeira «réplica» dentro do campo a fazer-se sentir com o triunfo do Sporting na Supertaça por 0-1 e afigurando-se já um novo fenónemo natural para daqui a um mês, quando os dois se encontrarem na quarta eliminatória da Taça de Portugal. Marco Silva abandonou Alvalade e foi para Olympiakos e ao Benfica chegou Rui Vitória, que já havia treinado os escalões de formação das águias no passado.

Naquele domingo de 31 de Agosto de 2014 o resultado final acabou por ser o empate a um golo. Gaitàn deu vantagem ao Benfica logo aos doze minutos,depois de uma boa jogada colectiva, mas oito minutos depois Slimani restabeleceu a igualdade aproveitando um erro monumental de Artur. E é na baliza encarnada que as primeiras alterações são visiveis, com a entrada de Júlio César enquanto nos leões Rui Patrício continua titularíssimo.

Na defesa das águias Maxi Pereira transferiu-se para o FC Porto, mas Luisão e Jardel continuam a ser os centrais bem como Elíseu que até jogou no meio-campo a ser o dono do lado esquerdo, já na direita com a lesão de Nélson Semedo a dúvida vai recair entre André Almeida (titular nesse derby) ou a entrada de Sílvio. Para os lados de Alvalade, Jefferson continua seguro na esquerda, Ricardo Esgaio poderá repetir a titularidade da última temporada ou dar o seu lugar a João Pereira, mas é no centro da defesa que se notam as diferenças, com Mauricio e Naby Sarr a saírem para o estrangeiro e Paulo Oliveira (suplente nesse desafio) a ter ao seu lado Ewerton ou o reforço Naldo.

Em relação ao meio-campo o Sporting manteve William Carvalho e Adrien Silva, sendo que André Martins continua a fazer parte das opções como suplente utilizado em alguns jogos, mas surgindo agora no seu lugar João Mário. Já no Benfica as mudanças são por de mais evidentes com Samaris que havia ficado no banco no último clássico, a ser agora titular ao lado do indiscutível Gaitàn. A saída de Enzo Pérez e a grave lesão de Sálvio abriram espaço para a entrada do jovem Gonçalo Guedes, que tem agarrado a oportunidade com golos e boas exibições. Talisca é outro dos médios que fez parte desse onze de 31 de Agosto, mas Pizzi tem tido também hipóteses de entrar como titular.

Na frente de ataque o Sporting é quem vê maiores mudanças com a saída de Nani e com Carrillo envolvido em todo o processo que se sabe, resta o argelino Islam Slimani que nesta época tem tido a companhia do colombiano Montero e do seu compatriota e reforço Teófilo Gutiérrez, autor do golo a «meias» com Carrillo que deu a conquista da Supertaça. Nas águias Jonas continua de pedra e cal, tendo agora em Mitroglou o seu novo parceiro, após a transferência de Lima para a Arábia.

No total sairam nove dos vinte e dois titulares que entraram no relvado da Luz no derby de 31 de Agosto, cinco no Benfica e quatro no Sporting. Este domingo irá ser escrito o capítulo 296 numa história que leva já mais de 100 anos e onde já se marcaram 961 golos, 505 por parte dos encarnados que lhes valeram 128 vitórias, contra os 456 dos leões que saíram vencedores por 106 ocasiões.

VAVEL Logo
CHAT