Na Rússia, Sporting quebra jejum de quatro anos e goleia como em 2004/2005

Na Rússia, Sporting quebra jejum de quatro anos e goleia como em 2004/2005

Com a vitória folgada de ontem, na cidade de Moscovo, o Sporting conquistou o primeiro triunfo em solo russo e quebrou um jejum internacional de quatro anos sem ganhar fora de portas nas provas europeias. Uma vitória forasteira tão gorda não acontecia desde a época 2004/2005.

vavel
VAVEL

Ontem, o Sporting mostrou ter capacidade de sobra para ser a melhor equipa do Grupo H da UEFA Liga Europa, ao golear, na cidade de Moscovo, o Lokomotiv, por 1-4, com golos de Fredy Montero, Bryan Ruiz, Gelson Martins e Matheus Pereira. O triunfo permitiu ao Leão sonhar com o apuramento para os dezasseis-avos-de-final da prova (talvez Jorge Jesus não sonhasse tão alto...) mas também serviu para quebrar alguns jejuns leoninos na Europa.

Com este triunfo, o Sporting quebrou um largo jejum de quatro anos sem vencer nas competições europeias em jogos fora de Alvalade - a última vitória forasteira da formação leonina foi em 2011, quando o Leão bateu o FC Zurique por 0-2. Mas não é tudo: o triunfo em Moscovo foi o primeiro do Sporting em solo russo, portanto, um resultado histórico para a turma de Alvalade e também para o treinador Jorge Jesus, timoneiro que também nunca tinha vencido na Rússia.

Para além de tudo isto, esta vitória forasteira nao tinha igual - em termos de amplitude da vantagem - desde a temporada 2004/2005, quando o Sporting viajou até à Geórgia para bater por esclarecedores 0-4 a equipa do Dinamo Tbilissi, durante a fase de grupos da antiga Taça UEFA. Na altura, a 25 de Novembro, Liédson marcou um «hat-trick« e Hugo Viana finalizou o 0-4 com um golo ao cair do pano.

VAVEL Logo
CHAT