Sporting recebe Moreirense: Líder leão busca a sétima presa
Os leões procuram manter a liderança da Liga (foto: ASP)

Sporting recebe Moreirense: Líder leão busca a sétima presa

O Sporting recebe este Domingo o Moreirense em partida relativa à 13ª jornada da Liga NOS. Depois de uma bela noite europeia, o leão regressa à selva nacional, onde procura defender o seu estatuto de líder. Do outro lado estará um Moreirense em crescendo de forma, e que procura pontos para fugir aos lugares de despromoção.

Francisco_Ferreira
Francisco Ferreira Gomes

Proibido abrandar

No passado sábado, o Sporting começou na Madeira um mês de Dezembro que se antevê de exigência e aplicação máxima para os leões. Com seis jogos em vinte e quatro dias, o último mês do ano promete colocar todo o tipo de dificuldades à equipa de Jorge Jesus. Apesar disso, o Sporting arrancou da melhor forma, garantindo difíceis mas importantes triunfos diante do Marítimo e Besiktas, este último garantiu a passagem da equipa de Alvalade à fase seguinte da Liga Europa.

Ruiz marcou um dos golos na vitória diante do Besiktas(foto: uefa.com)

Após esse importante e desgastante desafio, o Sporting recebe agora o Moreirense, poucos dias antes de visitar o Sporting de Braga para a Taça de Portugal. Embora esteja "entalado" entre estes dois importantes jogos, não é de esperar que o leão tire o pé do acelerador. Com a prioridade devidamente focada no campeonato, espera-se uma equipa motivada e lutadora, que certamente procurará usar a embalagem do jogo de quinta-feira para alcançar mais uma vitória, a sétima consecutiva na Liga.

Motor demora a aquecer

No Moreirense, e após uma temporada com muito bons resultados, certamente esperar-se-ia uma continuidade no trabalho de Miguel Leal e a sua equipa. Todavia, os minhotos tiveram um arranque de época muito abaixo do esperado, tendo somado nove jornadas sem qualquer vitória. Após o empate diante da Académica, os cónegos somaram dois triunfos consecutivos (Paços de Ferreira e Rio Ave), ganhando alguma tracção no caminho da recuperação, algo cimentado com o empate diante do Sporting de Braga na ronda passada.

O Moreirense parece estar gradualmente a aquecer o motor para a subida na tabela, veremos se continua o seu percurso, ou se o leão põe água na fervura.

Cónego é presa no reino do leão

O histórico de visitas do Moreirense a Alvalade é curto mas esclarecedor. Para o campeonato, os cónegos jogaram cinco vezes no reduto leonino, contabilizando um empate e quatro derrotas. O empate foi alcançado precisamente na época passada; os minhotos até estiveram perto da vitória, graças ao golo de Ramon Cardozo, contudo o Sporting empatou por Freddy Montero já depois da hora.

Montero empatou já em período de descontos (foto: goal.com)

Quanto aos leões, dos quatro triunfos destaca-se a vitória por 4-1 na época 2004/2005. A goleada foi construída com os golos de Pinilla, Carlos Martins, Hugo Viana e Liedson.

Expectativas positivas

Para a deslocação a Alvalade, o técnico Miguel Leal mostra-se confiante e dá a receita para o embate com os leões.

Miguel Leal
Miguel Leal espera trazer pontos de Alvalade (foto: abola.pt)

«As expetativas são sempre positivas. Queremos fazer pontos, sabendo que vamos encontrar um adversário difícil que fez uma excelente exibição frente ao Besiktas e a quem aproveito para felicitar pelo apuramento. Mas, com as nossas armas, vamos tentar contrariar o favoritismo do Sporting. Não vamos deixar de fazer o que sabemos: é preciso defender bem, ter organização e, quanto tivermos a bola, tentar fazer golos.».

Para o desafio com o Sporting, o treinador do Moreirense não pode contar com João Palhinha e Iuri Medeiros, ambos jogadores emprestados pelos leões. Em dúvida estão ainda Coronas, André Marques e Ramon Cardozo.

Proibido facilitar

Jorge Jesus não tem ilusões, ainda falta muito campeonato. Para o técnico dos leões, as contas fazem-se apenas no final.

Jorge Jesus
O experiente treinador leonino não vai em euforias (foto: abola.pt)

«Nos últimos jogos do campeonato é que se decide o campeonato, não há campeões no primeiro ou no segundo terço, só no último terço. Até lá temos de somar pontos para chegar ao nosso objetivo e agora estamos em primeiro. Estamos com muita confiança, com muita alma e justificámos a nossa posição até agora. Queremos defender essa posição até ao fim e acredito que temos capacidade para isso.».

Em relação ao Moreirense, o técnico verde-e-branco não acredita em facilidades. Segundo Jorge Jesus, o futebol é sempre imprevisível...assim como os adversários.

«No futebol o que parece não é. Por vezes os jogos que parecem fáceis são os mais difíceis e os que julgamos mais difíceis tornam-se os mais fáceis. Se não fosse assim todos acertávamos no totobola.».

VAVEL Logo