Belenenses x Benfica: Vencer e conquistar são as palavras de honra
Belenenses x Benfica: Vencer e conquistar na ordem do dia

Belenenses x Benfica: Vencer e conquistar são as palavras de honra

O Benfica desloca-se esta sexta-feira até Belém para enfrentar o nunca simples Belenenses. Numa partida a contar para a 21ª jornada da Liga NOS, o objetivo é claro: vencer e conquistar os 3 pontos.

beatriz-goncalves
Beatriz Gonçalves

Depois da vitória na passada jornada, frente ao Moreirense, e em vésperas do clássico que será disputado na próxima semana, ao Benfica não falta motivação e, ao mesmo tempo, obrigatoriedade em conquistar os 3 pontos. A apenas 2 do líder Sporting, a formação de Rui Vitória tem de amealhar tudo o que conseguir, para poder ansiar um deslize do rival e chegar à posição cimeira para conquistar o ambicionado tricampeonato. Já o Belenenses, a meio da tabela com 25 pontos, promete não facilitar esta tarefa – no futebol tudo é possível e a ambição de chegar aos lugares das competições internacionais será certamente motivador para o clube de Belém.

Benfica x Belenenses: 6 pastéis de Belém para a sobremesa encarnada

A memória do jogo da primeira volta é uma menos feliz para o Belenenses. Os da Luz entraram de forma demolidora e marcaram cedo por Mitroglou, não deixando descanso para a equipa visitante até ao final do jogo – até ao intervalo foram mais dois golos, ambos de Jonas, e na segunda parte outros três, com Mitroglou a destacar-se de novo, juntamente com Gaitán e Talisca.

Mas o que é certo é que, desde então, muitas são as alterações neste Belém: os homens da cruz de Cristo não só estão mais compactos como contam com a experiência do comandante Tonel na defesa, o eterno médio Carlos Martins e ainda o tecnicista Miguel Rosa na frente. Mas se o Belenenses mudou, também é importante referir que este Benfica demolidor da primeira volta em nada se compara com o da segunda: um Benfica que já se encontrou é o que espera o clube de Belém, um Benfica mortífero e sedento da vitória, melhor organizado taticamente e muito mais eficaz no seu jogo.

Belenenses: Equipa em peso para um jogo em grande

Para um desafio difícil o cenário parece mais positivo ao Belenenses, que poderá contar com todos os jogadores para defrontar o seu adversário da melhor maneira possível. Sem dúvida que este é um bónus para Julio Vélazquez e os seus pupilos que, não obstante a pesada derrota da primeira volta, procuram a vitória com toda a ambição. Conforme afirmou o técnico, “nós vamos desfrutar pois não temos nada a perder, mas sim tudo a ganhar. Sabemos as dificuldades, mas vamos manter a nossa ideia de jogo e a ilusão de conseguir um bom resultado”.

Para este bom resultado, figuras como Tonel e Carlos Martins poderão ser a chave. Experientes e com jogos grandes no seu currículo estes dois jogadores serão uma voz de comando dentro e fora de campo, podendo ser por isso mesmo figuras importantes e até mesmo essenciais. Ainda assim o desafio não será fácil, mas o técnico Vélazquez esclareceu que não é por isso que vai mudar de tática e baixar as linhas, jogando à defensiva: “Autocarro? Não. Nem contra o Benfica nem contra a ninguém”. Isto porque, para o Belém, a ambição de vencer é o mais importante. “Seja o Benfica, o Manchester United ou o último classificado da Liga. A ideia será sempre a mesma. Em busca da vitória”, concluiu o treinador.

Benfica: Depois de Luisão, Lisandro junta-se aos lesionados

Depois do retorno de Nico Gaitán na jornada passada, Rui Vitória voltou a ter esta semana uma dor de cabeça com a agora ausência de Lisandro López. O central lesionou-se no jogo frente ao Moreirense e não será opção para o técnico, tal como o já lesionado Luisão. Assim, a alteração mais significativa ao onze de Vitória será mesmo a entrada de Lindelof, que irá render o argentino como já fez no passado fim-de-semana, depois de Jardel sair a meio da partida. Noutro sentido, de destacar a presença do reforço Grimaldo na convocatória do técnico, que deposita assim confiança no lateral e que, possivelmente, o colocará a jogar caso o cenário seja favorável ao Benfica. Resta também a dúvida se Rui Vitória apostará em Nélson Semedo ou em André Almeida, apesar de a escolha mais provável ser o último, dado que o jovem português esteve parado bastante tempo e ainda não recuperou totalmente o ritmo.

Já na frente, não parece haver dúvidas quanto à escolha de Rui Vitória – a dupla de Jonas e Mitroglou anda a dar melhores resultados que nunca, com o brasileiro a ser neste momento o melhor marcador do Campeonato com 21 golos. Jogadores como Pizzi ou Gaitán serão, indiscutivelmente, opção para o técnico, que não subestima o adversário: Estou à espera de um Belenenses forte. O Benfica venceu na Luz por 6-0, mas passou uma volta e o adversário está agora numa série de bons resultados. Espero um jogo difícil, afirmou Rui Vitória, concluindo que o Benfica terá que saber “muito bem” aquilo que tem de fazer “em termos estratégicos para contrariar este adversário”.

Recorde-se que este Benfica está na sua fase mais forte nesta edição do Campeonato, contando 54 golos e estando a apenas 2 pontos do primeiro lugar. Estes mesmos motivos deverão ser causa de ambição acrescida para a vitória, dado que, ao conquistar os 3 pontos, as águias ficam líderes provisórias até ao jogo do Sporting, deixando pressão sobre os leões que só jogam na segunda-feira.

O jogo terá início esta sexta-feira, 5 de fevereiro, pelas 20:30. 

VAVEL Logo
CHAT