Imperador Cristiano contra-ataca: Real Madrid e Wolfsburgo brilham em noite de sonho na Champions

Imperador Cristiano contra-ataca: Real Madrid e Wolfsburgo brilham em noite de sonho na Champions

O Real Madrid e o Wolfsburgo estão a caminho dos quartos-de-final da Liga dos Campeões. A Roma e o Gent ficam de fora, tudo isto na grande noite de Terça-Feira em que o esférico das estrelinhas iluminou o futebol europeu.

francisco-dias
Francisco Dias

A segunda mão dos oitavos-de-final da Liga Milionária contou com dois duelos apaixonantes: Real Madrid 2-0 Roma e o Wolfsburgo 1-0 Gent. Os merengues voltaram a vencer a batalha frente aos romanos, garantindo o passaporte para os quartos-de-final da prova rainha do futebol do velho continente, valendo o imperador Cristiano Ronaldo que mostrou mais uma vez que marcar golos é quase tão natural como respirar. Para além do 13º tento do luso na presente edição da Champions (90 tiros certeiros, sim, está a ler bem, 90 tiros certeiros no total da Prova Milionária), relevo para A. Schurrle, que foi o héroi do Wolfsburgo frente aos belgas do Gent. Os alemães fizeram a festa e claro, festa foi a palavra da empolgante noite da competição, que leva ao êxtase qualquer amante de futebol.

Real x Roma: Blancos nos quartos, CR7 chega ao golo 90 na Champions

O Estádio Santiago Bernabéu apresentou lotação esgotada para o apaixonante Real Madrid x Roma, em duelo a contar para a segunda mão dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Os merengues foram mais fortes e, à imagem do que aconteceu em Itália, voltou a registar-se um triunfo de 2-0. A bola dos milhões começou a rolar às 19h45, e foram os romanos a começarem a todo o gás: Salah e Dzeko foram autênticas dores de cabeça para a frágil e desorganizada defesa do Real Madrid, que nos primeiros minutos apresentou um nervosismo atípico para um último reduto desta dimensão. O avançado internacional pela Bósnia, Dzeko, aos 14 minutos despristigiou a bola que rematou, falhando uma ocasião clara para inaugurar o marcador. Pouco depois, Cristiano Ronaldo e Bale acordaram as bancadas do Bernabéu com duas jogadas velozes que quase culminaram em festejo. A primeira parte foi dominada territorialmente pela equipa de nuestros hermanos, mas em termos de oportunidades de golo a Roma acabou por se superiorizar de forma evidente. 

Na 2ª parte a equipa de Zidane entrou decidida a inverter o 0-0 que se registou na 1ª parte, e logo a abrir James ficou a centímetros de fazer levantar todo um estádio. Na competição das estrelas a falta de eficácia paga-se caro e o egípcio Salah ainda agora deve estar a pensar em como é que falhou uma oportunidade de baliza aberta. A prova dos milhões acaba sempre por sorrir a quem é mais experiente, e quem melhor que Cristiano Ronaldo para mostrar ao mundo do futebol como se faz para balancear as redes contrárias. Acabado de entrar, Lucas Vásquez, que tem sido uma das maiores promessas do futebol merengue, fintou como quis toda a defesa romana, cruzando para o "monstro", o "extra-terrestre" CR7, que estava no local certo para inaugurar o marcador aos 64'. Ronaldo marcou o tento 13 em 8 jogos na presente edição da Champions, e é neste momento o melhor marcador de sempre da mais prestigiada competição do futebol mundial, com 90 golos.

Foto: Facebook do Real Madrid
Foto: Facebook do Real Madrid

4 minutos depois, Cristiano surgiu solto na ala, e com um cruzamento letal serviu James para o 2-0 final. Ao minuto 74, o mítico estádio merengue proporcionou ao mundo do desporto rei um momento simplesmente arrepiante: o histórico e veterano Francesco Totti entrou em campo aos 39 anos, para cumprir os seus últimos minutos nas competições europeias. Os milhares de adeptos madrilenos não ficaram indiferentes e mostraram que o futebol não vive só de golos ou de momentos com a bola nos pés, o desporto vai muito para além disso e os aplausos que o italiano recebeu ficarão sem dúvida na história da presente edição da Liga dos Campeões. 

No final da partida, o Real Madrid acaba por ser um justo vencedor da eliminatória, mas é um pouco ingrato para a Roma terminar este jogo sem balançar as redes de Navas. Os merengues são a única equipa da prova que ainda não sofreu golos, o que, ao fim de 8 partidas, é um registo verdadeiramente notável. Cristiano Ronaldo continua a fazer história e o Real Madrid prossegue a sua caminhada rumo ao sonho de voltar a levantar o troféu que todos ambicionam. 

Wolfsburgo pela 1ª vez nos quartos-de-final da Champions

O feito é inédito: o Wolfsburgo marcará presença nos quartos-de-final da Liga dos Campeões. Depois de vencer por uma margem mínima em solo belga (2-3), os alemães venceram nesta noite de terça-feira o Gent por 1 bola a 0. Na 1ª parte o jogo foi completamente desinteressante, valendo a experiência dos germânicos para congelarem o esférico no meio-campo por forma a evitar qualquer tipo de reação do adversário. O 0-0 ao intervalo era o espelho do encontro, uma vez que os dois conjuntos não estiveram muito preocupados em encontrar o caminho para as respetivas balizas. 

Para evitar surpresas, o Wolfsburgo melhorou de rendimento na 2ª parte, e foi já com o português Vieirinha em campo que Schurrle fez o gosto ao pé depois de um passe delicioso do mágico Draxler. Os belgas estiveram apáticos, e foi com naturalidade que os alemães aguentaram o 1-0 até ao fim. O desfecho desta eliminatória justifica-se na sua plenitude, uma vez que o Wolfsburgo se apresentou com uma equipa mais equilibrada, coesa e talentosa. 

VAVEL Logo
    CHAT