1-0 MIN 11, JARDEL; 2-0 MIN 24 JONAS ; 3-0 MIN 69' JONAS; 4-0 MIN 86 MITROGLOU ; 4-1 92' NATHAN JUNIOR
Benfica x Tondela: Águias inspiradas recuperam a liderança com expressivos 4-1
Jonas bisou e está no topo da corrida pela Bota de Ouro // Foto: Facebook do SL Benfica

Benfica x Tondela: Águias inspiradas recuperam a liderança com expressivos 4-1

A Luz voltou a abrir portas aos seus adeptos na noite da passada segunda-feira, desta feita para receber o Tondela. Estava em risco o primeiro lugar, mas Jardel, Jonas e Mitroglou não desiludiram na missão de voltar a colocar o Benfica no topo da tabela.

beatriz-goncalves
Beatriz Gonçalves

Depois da vitória do Sporting no sábado, frente ao Estoril, para o Benfica estava em risco mais do que os 3 pontos - a liderança dependia da vitória. A missão era clara e os pupilos de Rui Vitória não desiludiram, pintando a baliza do Tondela de vermelho em 4 ocasiões, primeiro com Jardel, depois com um bis de Jonas e a acabar com Mitroglou a fechar o marcador. O tento solitário de Nathan Júnior no final da partida ainda deixou os adeptos do Tondela festejarem, mas foram mesmo os encarnados que fizeram a festa.

1ª parte: Benfica de serviços mínimos em vantagem desde cedo

Desde cedo que o aviso das águias ficou feito. Logo no primeiro minuto Mitroglou enfiou a bola dentro das redes, mas um fora de jogo bem assinalado impediu o festejo. O Benfica não desanimou e continuou a atacar insistentemente, contra um Tondela que apenas fez um remate direito às mãos de Ederson. O cronómetro contava o minuto 11 quando o inevitável aconteceu: Gaitán bateu um canto com perícia e Jardel, na área, soube aproveitar a oportunidade e cabecear diretamente para as redes de Cláudio Ramos. Nos minutos seguintes, apesar de se continuar a observar um Benfica atacante, esta tendência dissipou-se mais e um Tondela ofensivo emergiu. Aos 15 minutos, Nathan Júnior tentou a sua sorte com um remate que saiu muito por cima, e dois minutos depois Talisca foi o herói: Hélder Tavares tentou um cruzamento para o companheiro de equipa Karl e Talisca intercedeu, impedindo uma jogada que poderia ter sido mais perigosa. Pouco depois Nathan Júnior voltou a estar em destaque, passando com perícia para Wagner que só teve de correr com a bola, valendo Nélson Semedo a atrapalhar o adversário, permitindo que Ederson mantivesse a baliza das águias imaculada. 

Foto: Facebook do SL Benfica
Foto: Facebook do SL Benfica

As súbitas tendências ofensivas do Tondela pareceram acordar o Benfica que, aos 24 minutos, decidiu deixar o resultado ainda mais dilatado, desta vez com Jonas em destaque. O mágico Gaitán esteve mais uma vez na jogada, cruzando para o brasileito que só teve de rematar para o golo. Não satisfeitas, as águias continuaram à procura do terceiro, perante um Tondela que pareceu desanimar com o resultado do marcador, posicionando-se menos no ataque. Os 45 minutos acabaram mesmo com um Tondela apagado, face a um Benfica que continuava no ataque, ainda que com tentativas pouco expressivas. 

2ª parte: Resultado por decidir até ao fim

O 2º bloco de jogo trouxe um Tondela novamente motivado, desde cedo com jogadas ofensivas na procura por diminuir a vantagem do adversário. Aos 46' foi mais uma vez Nathan Júnior que esteve em evidência, a falhar por pouco. Pouco depois Karl fez um bom cruzamento para Menga, mas este não foi capaz de concretizar. Rui Vitória aproveitou este novo cenário para mexer na equipa, fazendo entrar Toto Salvio para substituir Talisca. O argentino entrou bem na partida e pôs-se desde logo em evidência, com uma grande jogada ao minuto 55 que culminou com um excelente cruzamento para Mitroglou, mas o grego demorou demasiado tempo, deixando o guardião do Tondela defender com facilidade.

Aos 58' Rui Vitória voltou a mexer no jogo, fazendo sair um Gaitán lesionado e promovendo a entrada de Gonçalo Guedes, que ultimamente só tem entrado nas contas do técnico nos minutos finais das partidas, sendo muitas vezes inutilizado. Nesta altura o Benfica continuava no domínio, mas os mesmos 'serviços mínimos' continuavam bem evidentes. As águias atacavam, mas falhavam na concretização, contudo ao minuto 66 o recém entrado Gonçalo Guedes esteve excecionalmente perto do golo, depois de um passe de Eliseu. Logo a seguir Cláudio Ramos esteve em destaque a defender dois remates seguidos de Mitroglou, mas o guardião não foi tão eficaz no minuto seguinte: Jonas foi mais uma vez o irrequieto de serviço, desta feita marcando com a cabeça o seu 28º golo no Campeonato, e 8º com a cabeça. Com este golo, o brasileiro isolou-se na luta pela Bota de Ouro, à frente de Ronaldo e Higuaín. 

Foto: Facebook do SL Benfica
Foto: Facebook do SL Benfica

Este golo de Jonas praticamente decidiu o jogo para o Benfica, acalmando o ritmo de jogo, mas o resultado estava longe de ficar fixo. Salvio e Gonçalo Guedes tentaram a sua sorte, mas foi mesmo Mitroglou que fechou o resultado para os encarnados: Foi perante os 51.314 espetadores que o grego marcou o seu 16º golo na Liga, e o nº 70 das águias. A festa foi grande, mas o Tondela continuou à procura do golo de honra, e eis que ele chega já em cima do apito final, ao minuto 92, pelos pés do inevitável Nathan Júnior - Pizzi perdeu a bola e o Tondela assumiu a jogada, com Luis Alberto a passar para Nathan Júnior que não vacilou na hora de bater Ederson. 

Contas feitas, a liderança é de novo do Benfica, que soma um total de 64 pontos, mais 2 que o rival Sporting, enquanto que o Tondela se mantém no fim da tabela, com apenas 13 pontos somados. Destaque para o próximo desafio do Benfica, que será uma visita ao Boavista na qual Rui Vitória não poderá contar com Mitroglou e Jardel devido a amarelos, voltando-se a verificar o mesmo problema central que o técnico encontrou na disputa da Liga dos Campeões. 

VAVEL Logo
CHAT