A Muralha de Janeiro

A Muralha de Janeiro

O Sporting é actualmente, em igualdade com o rival Benfica, a defesa menos batida do campeonato. Os leões contam com apenas 21 golos sofridos, número alcançando, não com uma defesa consolidada ao longo da época, mas fruto do mercado de Janeiro.

Francisco_Ferreira
Francisco Ferreira Gomes

No primeiro jogo da época, diante do Benfica para a Supertaça, Jorge Jesus fez alinhar uma defesa composta por João Pereira, Paulo Oliveira, Naldo e Jefferson. Este quarteto foi de facto o mais utilizado ao longo da primeira parte da temporada, cumprindo bem a sua função.

Contudo, as vicissitude da temporada obrigaram Jorge Jesus a ir ao mercado em Janeiro. Desde logo, o técnico leonino focou-se em encontrar alternativas credíveis para as laterais; daí resultaram as contratações de Marvin Zeegelaar e Ezequiel Schelotto. Para além disso, as lesões de Paulo Oliveira e Naldo forçaram a equipa de Alvalade a chamar de volta Rúben Semedo, emprestado ao Vitória de Setúbal, e a contratar Sebastian Coates por empréstimo do Sunderland.

Foto: desporto.sapo.pt
Foto: desporto.sapo.pt

A verdade é que, mais jogo menos jogo, este quarteto começou a afirmar-se no reino do leão. Coates e Rúben Semedo pegaram de estaca e garantiram desde cedo lugar cativo no eixo da defesa. O processo de Schelotto foi mais moroso; com alguns jogos, o italo-argentino começou a dar nas vistas, beneficiando ao mesmo tempo de alguma fadiga de João Pereira. Finalmente Marvin aproveitou a lesão de Jefferson para, depois da experiência de Bruno César enquanto defesa esquerdo, ficar dono da lateral canhota.

Assim, podemos ver que a defesa que começou a época nada tem a ver com a que a vai terminar, excepção feita para o indiscutível Rui Patrício

Foto: abola.pt
Foto: abola.pt

Caso não tivesse sofrido um golo no sábado, os leões teriam assegurado o seu terceiro jogo consecutivo com a baliza inviolada; a verdade é que num verdadeiro teste de fogo no Estádio do Dragão, apenas de grande penalidade a muralha defensiva verde-e-branca foi furada.

É costume dizer que as equipas constroem-se a partir de trás. A construção desta muralha foi feita em tempo record; o frio do Inverno parece a ter tornado ainda mais forte e resistente aos assaltos adversários.

CHAT