Especial mercado verde: bye bye Adrien, hello Bruno Fernandes
Bruno Fernandes ruge para Adrien sair

Especial mercado verde: bye bye Adrien, hello Bruno Fernandes

As novelas de mercado em Alvalade tiveram finais para todos os gostos. A saída de Adrien abanou o reino do leão, mas as bombas de Bruno Fernandes estão a explodir as redes adversárias.

francisco-dias
Francisco Dias

Foram várias as mexidas no plantel do Sporting CP. Do 11 inicial do leão, restam Rui Patricio, Coates, William, Gelson e Bas Dost. A janela de transferências já fechou mas ficará na memória como um dos defesos mais alucinantes da história do clube verde e branco. 

O adeus atribulado a Adrien, a permanência inesperada de William e as entradas sonantes de Mathieu, Coentrão e Bruno Fernandes. Curiosamente este último resume numa só palavra o mercado sportinguista, bombástico...

Entrada de leão e incertezas até ao fim!

Os números do leão no mercado de verão aqueceram o orçamento verde e branco. Os leões terão gasto cerca de 30 milhões de euros, um valor bem acima comparativamente a Benfica e Porto. O encaixe poderá superar os 50 milhões, sendo bem visível e audível  que o leão rugiu bem alto em saídas e entradas no plantel. 

Do 11 base leonino sairam Schelotto, Marvin e Paulo Oliveira, destacando-se Rúben Semedo e Adrien, que garantiram mais valias de 14 e 24 milhões de euros respectivamente. O caso de William teve avanços, recuos, mas no dia 31 de Agosto nem West Ham new Mónaco retiraram o trinco a Jorge Jesus. Com o número 6 em campo, os leões ganham alternativas estratégicas que permitem a Jesus alternar William com o reforço Battaglia no miolo. 

O meio campo é a base e o coração de qualquer equipa e a virtude verde e branca tem um nome, Bruno Fernandes. O jovem felino obrigou os dirigentes dos leões a investirem perto de 9 milhões de euros. O investimento não tardou em justificar-se e são já 3 os golos bomba que o médio box to box festejou. O homem bomba de Alvalade fixou uma cláusula recorde de 100 milhões de euros e tem sido de longe o rei leão do inicio de temporada verde e branco. 

O argentino Acuña tem vindo a justificar os 9 milhões investidos com velocidade, assistências e espírito guerreiro. Foco ainda para as chegadas de Coentrão do Real Madrid e Mathieu do Barcelona. 

No reino do leão impera o verde esperança de conquistar o título com vários reforços, mas com a certeza de que Adrien já não será o capitão da equipa de Jesus.

VAVEL Logo