Crónica: Benfica x Sporting
Jonas igualou a partida já em cima do apito final. // Fonte:Lusa

Crónica: Benfica x Sporting

O Sporting marcou cedo, mas não resisitu à força ofensiva do Benfica, que fixou o 1-1 final já perto do fim do jogo. Os autores dos golos foram Gelson Martins e Jonas.

renato-gouveia
Renato Gouveia Dias

               Após uns 15 minutos iniciais muito disputados a meio-campo e sem claras oportunidades de golo de parte a parte, o primeiro lance de real perigo deu em golo. Aos 18 minutos, Fábio Coentrão, no seu primeiro dérbi a vestir de verde e branco, tabelou com Bruno Fernandes e cruzou para a zona de penálti (a bola ainda ressaltou na perna de Rúben Dias) onde apareceu Gelson Martins a finalizar de cabeça.

               A partir daí o Benfica começou a subir no relvado e a pressionar cada vez mais o Sporting, com a grande oportunidade da equipa de Rui Vitória a surgir ao minuto 34, quando Krovinovic num remate poderoso acertou na trave da baliza de Rui Patrício. Sucediam-se os remates da equipa encarnada, mas quase sempre sem encontrar a direção desejada. O Sporting ia tentando explorar o contra-ataque e teve duas boas ocasiões para dilatar a vantagem, uma num remate de fora-de-área de Acuña e outra num remate de Gelson que saiu por cima da baliza defendida por Bruno Varela.

               Apesar de ir para o intervalo em desvantagem, o Benfica não baixou a cabeça e entrou na segunda parte por cima do jogo. Enquanto que o Benfica ia subindo cada vez mais no terreno de jogo e encostando a equipa de Jorge Jesus no último terço do campo, Jonas viu dois remates seus serem bloqueados por Coates e Piccini, levando Rui Vitória e os adeptos encarnados ao desespero.

               Já com Raul Jiménez em campo (substituíu Pizzi), Vitória decidiu arriscar ainda mais e retirar um segundo homem do meio-campo (Fejsa) colocando o extremo Rafa em jogo. Contudo, as oportunidades continuavam a suceder-se e a bola teimava em não entrar e, por isso, o treinador do Benfica esgotou as substituições arriscando ao máximo com a saída de Rúben Dias e com a entrada de João Carvalho.

               O Benfica podia ter-se dado mal com tanto risco, mas, em cima do minuto 90 Battaglia cortou com o braço um remate de Rafa e foi assinalado penálti. Jonas foi chamado a marcar e, sem tremer, igualou a partida, levando ao delírio os quase 62 mil adeptos presentes no estádio.

               Com este empate, o Benfica fica a cinco pontos do líder Futebol Clube do Porto (também ganhou nesta jornada) e o Sporting a apenas dois pontos da liderança.

VAVEL Logo