«Às vezes não entram »
«Ás vezes não entram »

«Às vezes não entram »

Falcão fez a sua antevisão do Clássico, Benfica vs Porto que terá lugar no Estádio da Luz, no próximo domingo, relembrando a sua passagem pelo clube da cidade invicta.

leandra-caldas
Leandra Caldas

O goleador Radamel Falcão Garcia, conhecido como Falcão, vestiu a camisola dos Dragões durante duas épocas (2009-2011), ficando conhecido como uma das figuras emblemáticas do Futebol Clube do Porto.  

No conjunto das duas épocas, fez 87 jogos de dragão ao peito e 72 golos tiveram a sua assinatura.  Em 2011 tornou-se no melhor marcador do Futebol Clube do Porto nas competições europeias com 20 golos. Durante a edição da Liga Europa de 2010-2011 marcou 17 golos em 14 jogos.

A contar para o campeonato Português foram 4 os clássicos que teve a oportunidade de disputar, tendo ficado na memória de todos, o clássico da época de 2010-2011 que acabou com uma vitória do Futebol Clube do Porto por 5 bolas a 0 no estádio do Dragão, 2 dos golos tiveram a autoria do colombiano, um deles foi mesmo considerado como um dos melhores da jornada e da história do Porto e até foi intitulado entre muitos como sendo “o mítico golo de calcanhar”, um golo que levantou o Dragão.

 

"Às vezes não entram...", disse Falcão ao recordar o golo que deixou escapar na cara do guarda redes Roberto, também na época de 2010-2011. O avançado, dada a proximidade de mais um duelo entre águias e dragões quis relembrar o falhanço nesse jogo, dizendo que nem sempre corre como queremos.

Recordamos que Radamel Falcão regressou à cidade invicta para defrontar os azuis e brancos para a liga milionária na presente temporada, tendo em declarações dito de forma muito relutante que o Futebol Clube do Porto é um clube de que gosta e que deu muito à sua carreira.

 Sobre os quatro anos sem títulos do FC Porto, "El Tigre" aponta à evolução dos rivais Benfica e Sporting.

VAVEL Logo