Salvio dá triunfo nos descontos
Salvio foi o héroi do jogo. // Fonte: LUSA

Salvio dá triunfo nos descontos

Os encarnados foram até ao Estoril bater o lanterna vermelha por 1-2. Rafa e Salvio marcaram para o Benfica, Halliche marcou para os canarinhos.

renato-gouveia
Renato Gouveia Dias

           Numa deslocação sempre difícil, o Benfica entrou bem no jogo e até marcou antes da passagem do minuto 10. Zivkovic a ler bem o jogo e a lançar Rafa no corredor direito que entre Halliche e o Ailton conduziu a bola e rematou cruzado para o fundo da baliza de Renan. O Estoril pouco ou nada conseguia fazer, recorrendo a sucessivas faltas (e algumas delas perigosas) para travar o jogo das Águias.

            Durante os primeiros 30 minutos o Benfica dominou o jogo até que a 15 minutos do fim da 1ªparte decidiu tirar ‘o pé do acelerador’ e deu alguma iniciativa ao Estoril que culminou na grande oportunidade da primeira parte quando Allano rematou cruzado, mas a bola passou perto do poste de Bruno Varela.

            Durante o descanso, o Estoril mudou a sua formação inicial, com Ivo Vieira a aproveitar a lesão de Gonçalo para lançar Bruno Gomes para a frente, com Ewandro a cair para a esquerda e Eduardo a recuar para o centro do terreno. Uma mudança que caíu bem aos de amarelo, visto que entraram bem e, ao minuto 51, colocaram a bola nas redes de Varela, com um desvio de Allano. No entanto, e após a intervenção do VAR, o golo foi anulado por fora-de-jogo e o resultado manteve-se em 0-1.

            O Benfica subiu um pouco no terreno de jogo e através de Rafa criou duas das melhores ocasiões do segundo tempo. Na primeira, o extremo português invadiu a área e assistiu Zivkovic que rematou fraco para a defesa de Renan. Na segunda, numa desmarcação rápida, Rafa tentou o remate, mas foi direito ao guardião brasileiro e este defendeu. Contudo, na sequência de um livre lateral marcado por Eduardo, a bola cai na zona do segundo poste e o ex-Benfica Halliche bateu Bruno Varela. Minutos depois o Estoril até podia ter passado para a frente do marcador quando Lucas Evangelista ‘sentou’ André Almeida e num remate desviado acertou no poste esquerdo da baliza encarnada.

            Após nova oportunidade flagrante desperdiçada por Rafa, os adeptos conformavam-se que o empate seria o resultado final, no entanto ao minuto 90+2, após a marcação rápida de um lançamento lateral, Zivkovic (melhor em campo) cruzou para a área e saltou por entre os defesas o argentino Salvio que num cabeceamento irrepreensível deu a vitória ao Benfica.

            Com este resultado, o Benfica regressa à liderança provisória do campeonato, visto que o F.C.Porto só joga na segunda-feira (dia 23) frente ao Vitória de Setúbal.

VAVEL Logo