Antevisão da final da Liga dos Campeões

Antevisão da final da Liga dos Campeões

No dia de ontem, Zinedine Zidane (Real Madrid) e Jurgen Klopp (Liverpool), fizeram a antevisão do último jogo da temporada de 2017/2018  que ditará o vencedor da competição milionária da Europa.

ana-gomes
Ana Gomes

Zidane recusa o favoritismo da sua equipa e afirma mesmo que há "50% de hipótese" de cada uma das equipas ganhar esta final, em Kiev. "Não nos sentimos favoritos no balneário e temos o Liverpool também como favorito", acrescentou aos jornalistas. 


Quando questionado se achava que era melhor que o seu treinador adversário, o treinador dos merengues brincou e perguntou se a pergunta se aplicava enquanto treinador ou enquanto jogador, "como jogadores era melhor do que ele, mas como treinador respeito-o muito. Tem muita experiência e têm feito um trabalho incrível", respondeu  Zidane. 


O treinador francês tinha dito que contava que Ronaldo estivesse a 150% para esta final, mas na antevisão acrescentou que o seu jogador está bem e mesmo que esteja a 149% está ótimo, completando que "Ronaldo vive para estes jogos".


Já do lado do adversário, o treinador do Liverpool, confirma que "estava mais nervoso há cinco anos porque não acho que estas coisas me vão acontecer, mas ir a uma final enquanto treinador é uma oportunidade de uma  vida". Ainda brincou que demorou para regressar a uma final, mas que está muito feliz por estar de volta.


Quanto à qualidade da sua equipa, o técnico afirma que "eles lutaram muito por isto e merecem estar aqui" mostrando que está muito orgulhoso deles.


Surgiu a pergunta sobre a qualidade do técnico adversário e o alemão mostra o apresso que tem por Zidane e relembra a qualidade dele enquanto jogador e treinador, uma vez que em dois anos e meio de Real Madrid vai ter a oportunidade de conquistar pela 3ª vez esta competição.

Como sempre, Jurgen Klopp, ainda brincou com as pessoas que dizem que o adversário não tem qualidade tática e revê-se nessa crítica, "muita gente diz o mesmo (falta de qualidade tática) de mim. Seria muito engraçado dois treinadores que não têm conhecimento sobre tática chegassem à final".


Sobre Salah, o treinador, teceu vários elogios aos egípcio, mas relembra que para chegar ao nível de Messi e Ronaldo ainda vai ter que trabalhar muito, pois para ele, "eles mereceram tudo o que ganharam porque estão há vários anos neste nível e mesmo nos trintas conseguem estar numa forma fantástica", acrescentando que "Mo tem um potencial fantástico, a época foi excecional até agora, mas nas próximas vamos ver se faz algo semelhante, o que não é fácil".


Ambos os treinadores afirmam que é uma alegria estar na final de uma competição deste calibre e Klopp ainda acrescentou que "agora vamos jogar futebol". Esse futebol vai ser jogado hoje, às 19:45, na Ucrânia.

 

VAVEL Logo