Rússia 2018: Croácia
A Croácia encontra-se no grupo D do Campeonato do Mundo da Rússia

Rússia 2018: Croácia

A seleção do continente europeu encontra-se no grupo D.

RuiLopes97
Rui Lopes

  Não foi tarefa fácil para a Croácia marcar presença no Mundial. Depois de ter ficado em segundo lugar no grupo I de apuramento para o Campeonato do Mundo, os croatas tiveram ainda que disputar o play-off de acesso ao Mundial, no qual venceram a Grécia por 4-1 no conjunto das duas mãos.

  Consumada a qualificação, quis o destino que a Croácia voltasse a encontrar a Islândia, desta vez no grupo D do Mundial. Juntamente com estas duas formações, entram também a Argentina e Nigéria

  Com uma seleção equilibrada e interessante em todos os seus setores, o treinador Zlatko Dalić tem apresentado um esquema tático semelhante a um 4-3-2-1, com Luka Modrić, uma das estrelas da Croácia, a surgir como um médio que frequentemente se envolve nos movimentos ofensivos da sua seleção, chegando perto da área do adversário. Para dar ainda mais qualidade ao meio-campo da Croácia, surge ainda uma das estrelas do Barcelona, Ivan Rakitić. O médio de 30 anos assume uma função decisiva no início de construção do futebol ofensivo croata, fazendo uso da sua notória qualidade de passe. 

  Outro nome bem famoso do futebol mundial e que figura na formação croata é o de Mario Mandžukić. O avançado da Juventus é uma peça chave no modelo atacante dos croatas, jogando frequentemente no centro do ataque, mas que está constantemente a "fugir" para o flanco esquerdo, arrastando consigo a marcação dos defesas, que deixam assim mais espaço para jogadores como Perišić ou Kramarić surgirem em zonas de finalização. 

  Em contrapartida, surgem também algumas dificuldades para a seleção da Croácia. O treinador tem apenas à disposição um médio defensivo de raíz: Milan Badelj. O trinco de 29 anos, apesar de ter jogado grande parte da época ao serviço da Fiorentina, é a única opção mais defensiva no meio campo da Croácia. O setor defensivo surge como a maior fraqueza desta formação, onde as opções são um misto entre inexperiência e jogadores com uma qualidade mediana. Tin Jedvaj, de 22 anos, é ainda novo mas conta com um talento notório. Resta saber se será realmente aposta para Dalić.

  A lista dos 23 jogadores croatas convocados para o Mundial, é então: 

  Guarda-redes: Danijel Subasic (Mónaco), Lovre Kalinic (Gent) e Dominik Livakovic (Dínamo Zagreb).

  Defesas: Vedran Corluka (Lokomotiv Moscovo), Domagoj Vida (Besiktas), Ivan Strinic (Sampdoria), Dejan Lovren (Liverpool), Sime Vrsaljko (Atlético de Madrid), Josip Pivaric (Dínamo Kiev), Tin Jedvaj (Bayer Leverkusen) e Duje Caleta-Car (Salzburgo).

  Médios: Luka Modric (Real Madrid), Mateo Kovacic (Real Madrid), Ivan Rakitic (Barcelona), Milan Badelj (Fiorentina), Marcelo Brozovic (Inter) e Filip Bradaric (Rijeka).

  Avançados: Mario Mandzukic (Juventus), Ivan Perisic (Inter), Nikola Kalinic (AC Milan), Andrej Kramaric (Hoffenhein), Marko Pjaca (Schalke) e Ante Rebic (Eintracht Frankfurt). 

  O primeiro jogo da Croácia neste Mundial está marcado para sábado, às 20:00 horas, contra a Nigéria. 

VAVEL Logo