Futebol Sénior de regresso à Amadora
Clube Desportivo Estrela

Futebol Sénior de regresso à Amadora

Clube Desportivo Estrela anuncia que irá competir no escalão de SENIORES na época 2018/19.

paulo-coelho
Paulo Coelho

A 29 de setembro de 2009, o Tribunal de Sintra declarava o Clube de Futebol Estrela da Amadora como insolvente. A equipa caía para a segunda divisão Sul e com dívidas a ultrapassarem os 10 milhões de euros, acabaria por fazer o seu último jogo de futebol sénior contra o Real Massamá, a 2 de Maio de 2010.

Em 2011 refundava-se o clube e formava-se o Clube Desportivo Estrela. O foco passou a ser a Escola de Futebol Tricolor e modalidades como o Judo, a Ginástica e o Atletismo.

O mítico estádio José Gomes, na Reboleira, foi recuperado. Ervas daninhas deram lugar a relva. Há redes nas balizas e centenas de crianças treinam lá diariamente.

Esta terça-feira o CD Estrela anunciou finalmente que "irá competir no escalão de SENIORES, na época 2018/19, no campeonato Distrital da Associação de Futebol de Lisboa!". A equipa será treinada e coordenada pelo treinador Ricardo Monsanto, nível 4 UEFA.

Não só os adeptos locais, mas todos os adeptos de futebol estarão contentes pelo anúncio. O desejo é que a nova aventura corra pelo melhor e que o projeto consiga atrair adeptos para um clube cujo estádio deu a conhecer para o mundo do futebol jogadores como Paulo Bento, Dimas, Abel Xavier, Miguel, Jorge Andrade, Calado, Chainho ou Paulo Ferreira.

VAVEL Logo