O dérbi de Salin

O dérbi de Salin

Guarda-redes do Sporting foi o principal responsável pelo empate (1-1) que se registou no clássico com o Benfica.

goncalo-santos
Gonçalo Santos

Na noite deste sábado, Benfica e Sporting empataram (1-1) no dérbi da terceira jornada da Liga NOS, disputado no Estádio da Luz.

Nani (aos 64 minutos de jogo, na conversão de uma grande penalidade) e João Félix (86') apontaram os únicos golos deste que foi o primeiro grande clássico da temporada no futebol português.

A grande figura da partida, no entanto, foi outra. Chamado à titularidade por José Peseiro pela terceira vez consecutiva neste campeonato, fruto dos problemas físicos de Emiliano Viviano, Romain Salin brilhou - e de que maneira - no campo do rival.

Depois das falhas cometidas na última ronda, diante do Vitória de Setúbal, o guarda-redes francês apresentou-se a excelente nível na Luz e realizou uma exibição de topo.

Em várias ocasiões, tanto antes como depois do golo de Nani, Salin foi quem evitou que os jogadores 'encarnados' fizessem balançar as suas redes... até que apareceu João Félix. Mas o guardião 'leonino' pouco ou nada poderia ter feito nesse lance.

Apesar do equilíbrio verificado em vários momentos do jogo, o Benfica foi a equipa que maior volume ofensivo e de oportunidades de perigo criou durante os 90 minutos. E foi aí que entrou Salin. O guarda-redes segurou o nulo no marcador antes de o Sporting abrir o ativo, e adiou ao máximo o golo do empate. Sendo assim, é justo dizer que os 'verde e brancos' voltaram para Alvalade com um ponto na bagagem em muito devido ao homem que estava debaixo dos seus postes na Luz.

VAVEL Logo