Da depressão à euforia em 45 minutos
Sporting bateu Nacional, em Lisboa. GettyImages

Da depressão à euforia em 45 minutos

Sporting recuperou de desvantagem de dois golos, e acabou a golear o Nacional da Madeira, em Alvalade.

goncalo-santos
Gonçalo Santos

O Sporting continua imparável nas mãos de Marcel Keizer, que, na noite deste domingo, fez nova 'vítima' em Portugal, em encontro da 13ª jornada da Liga NOS - triunfo por 5-2 diante do Nacional, em Alvalade.

Na receção aos insulares, os leões, tal como já tinha acontecido na última ronda diante do Desportivo das Aves, tardaram em dar a conhecer a sua melhor face. E, desta vez, o susto ainda foi maior que o do fim de semana passado.

Com uma entrada em campo de altíssimo nível - Costinha demonstrou ter estudado muito bem o seu adversário -, os madeirenses chegaram mesmo a ter uma vantagem de dois golos; João Camacho inaugurou o marcador logo aos 6 minutos de jogo, com um grande golo, e assistiu Aleks Palocevic para o 2-0, aos 25'. Um resultado, de resto, que refletia na perfeição aquilo que passou em campo durante a primeira parte.

O Sporting, no entanto, conseguiu reduzir a diferença ainda antes do intervalo, aos 35', quando Bas Dost converteu uma grande penalidade, que ele próprio havia conquistado na área do Nacional.

No segundo tempo, o emblema verde e branco entrou decidido em mudar o rumo dos acontecimentos, e foi isso mesmo que conseguiu fazer; a muito custo, diga-se, dada a excelente atitude dos jogadores do Nacional.

À passagem do minuto 70, Bas Dost surgiu com espaço na cara do guarda-redes Daniel Guimarães, mas, impossibilitado de fazer o golo, ofereceu a bola a Bruno Fernandes, que restabeleceu a igualdade na partida. Pouco depois, aos 75', foi a vez de Jérémy Mathieu brilhar: na conversão de um livre direto, o central francês colocou a bola no fundo das redes insulares, e deixou o Sporting na frente do marcador (3-2), pela primeira vez na noite.

Depois de se colocar em vantagem, as coisas começaram a ficar mais fáceis para o conjunto liderado por Keizer, que ainda viu a sua equipa faturar em mais duas ocasiões: através de Bas Dost (87'), que voltou a fazer o gosto ao pé desde a marca dos onze metros, e de Bruno Fernandes (90'+1), que também bisou, na sequência de um contra-ataque rápido, para fixar o resultado final.

Sendo assim, e com mais esta vitória sob o comando técnico de Keizer, o Sporting mantém a segunda posição do campeonato português, agora com 31 pontos conquistados, menos dois que o líder FC Porto. O Nacional, por seu lado, caiu para o 13º lugar (soma um total de 13 pontos nesta Liga NOS).

De registar ainda que, desde a chegada do novo treinador, os leões aumentaram de tal forma o seu número de golos marcados que já são a equipa mais concretizadora do campeonato - já fizeram balançar as redes adversárias em 30 ocasiões nesta Liga NOS.

VAVEL Logo