Vitória sofrida
Foto retirada do site do jornal A Bola.

Vitória sofrida

FC Porto venceu esta terça-feira, em casa, o Moreirense por 4-3 em jogo a contar para a Taça de Portugal.

ana-gomes
Ana Gomes

A equipa da casa apresentou-se com três alterações no onze inicial, entre elas a entrada de Fabiano para o  lugar de Iker Casillas, o habitual guarda-redes azul.

O visitante entrou bem na partida e mostrou ao adversário que não tinha feito 35km em vão. Logo aos 8', David Texeira, remata para a baliza do guarda-redes brasileiro, dando vantagem à sua equipa.

Vantagem essa que não durou cinco minutos. Aos 13' a cabeça de Felipe levanta o Dragão de alegria e repõe a igualdade no jogo. Ainda antes do golo, Otávio lesiona-se e obriga Sérgio Conceição a fazer a primeira substituição da noite.

Este empate durou três minutos. Aos 16', Hernâni, de primeira após passe da López, atira à baliza de Trigueira e adianta-se no marcador.

Os dragões pensavam que iriam em vantagem para a segunda metade, mas Iago, marcou presença e levou mesmo o 2-2 para o intervalo, já nos descontos.

Com a segunda parte vieram as duas equipas e a mesma vontade de ganhar e passar à fase seguinte da prova rainha. Marega demorou vinte minutos para fazer o 3-2, aos 65', e tentar aliviar a sua equipa. 

Aos 79', o técnico azul e branco vê-se novamente obrigado a fazer mais uma substituição. Danilo lesiona-se e, após tentativa de regresso ao campo, acabou mesmo por sair devido às dores. Foi então a jogo o colega Sérgio Oliveira.

Aos 89', o mesmo marcador, Moussa Marega, marca o quarto portista e segundo da conta pessoal da noite, pensando o maliano que a eliminatória estava praticamente resolvida.

Mas não. A equipa de Moreira de Cónegos, aos 90', ainda marcou por Heriberto e assustou a equipa da casa e os seus adeptos durante quatro minutos onde esteve em eminência o empate.

Tal não surgiu e os dragões seguem em frente até aos quartos de final após o festival de golos no Porto.

 

VAVEL Logo