Desaire no Algarve 
Foto retirada de 24.sapo.pt

Desaire no Algarve 

O SL Benfica perdeu na noite desta quarta-feira frente ao Portimonense com dois autogolos.

ana-gomes
Ana Gomes

Dez anos depois o Benfica volta a perder no primeiro jogo de um ano civil, desta vez frente aos algarvios com dois golos marcados por jogadores encarnados.

O primeiro foi marcado logo aos 12' por Ruben Dias. O central português tentou fazer o corte, mas só conseguiu cortar para dentro da baliza do colega Odysseas.

Os lisboetas ainda tentaram chegar várias vezes à baliza de Ricardo Ferreira, mas o guardião, tal como o colega adversário, estava atento a todas as movimentações. 

O segundo golo chega aos 38'. Jardel tenta cabecear a bola por cima da sua baliza, mas acaba mesmo por marcar o segundo algarvio mesmo antes do intervalo.

Com o  intervalo veio mais motivação do lado da equipa da casa e foram vários os ataques à área benfiquista, mas sempre com grandes defesas do internacional grego.

Uns segundos 45 minutos mais bem disputados e com mais ataques. Para além dos dois golos na própria baliza, o jogo ficou marcado pela expulsão de Jonas.

O brasileiro foi expulso aos 72' após entrada perigosa sobre o guarda-redes adversário. Ricardo Ferreira ficou queixoso no chão e com sangue a escorrer da cara, o que fez com que o árbitro da partida pedisse a ajude do VAR para analisar o lance. A decisão foi passada e Jonas viu o vermelho direto.

A partida terminou aos 95' e o Benfica perdeu mesmo pela primeira vez frente ao Portimonense e cai para o 3º lugar, tendo em conta que o Sporting de Braga venceu o Marítimo por 2-0. Caso o Sporting vença esta quinta, os vermelhos passam para  4º lugar e podem ficar a 7 do primeiro.  

 

 

 

VAVEL Logo