Sporting entra com o pé esquerdo
Sporting Clube de Portugal. Fonte: A bola

Sporting entra com o pé esquerdo

O Sporting Clube de Portugal recebeu esta noite o Villarreal, o segundo jogo da noite a contar para a Liga Europa.

joanacoelho
Joana Coelho

Foi já a conhecer o resultado do Benfica (que ganhou ao Galatasaray por 2-1, na Turquia) que o Sporting entrou em campo, num jogo também a contar para os 16 avos da Liga Europa. 

Com sete alterações no onze inicial, o Sporting começou o jogo com algumas dificuldades. Aliás, foi logo aos 3 minutos que o Villarreal inaugurou o marcador. 1-0 por Alfonso Pedraza, depois de uma entrada em falso por parte da equipa da casa. Chukwueze fez um fantástico arranque para a área, conseguindo o passe pela direita para Acuña. A bola sofreu um desvio por parte de um jogador sportinguista já no centro da área e Pedraza na recarga acaba por finalizar para golo.

A equipa da casa teve mais posse de bola na primeira parte, e conseguiu mesmo criar algumas situações de perigo, com a bola sempre a passar ao lado. Ainda assim foi, uma primeira parte que acabou por ser dominada pelo Villarreal a nível tático, onde o Sporting ia sentindo cada vez mais dificuldades, em especial, na transição ofensiva da equipa espanhola, o que obrigava os leões a fazer faltas no meio-campo. Numa tentativa de resposta, Marcel Keiser lançou de imediato alguns jogadores para o aquecimento, acabando mesmo por fazer as primeiras substituições.

A segunda parte começou com o Villarreal a fazer um remate junto ao poste que Salin resolveu para canto. E aos 59 minutos surgiu uma grande oportunidade para o Sporting. Coates avança para a área deixando vários adversários pelo caminho e arrisca mesmo o remate cruzado, mas o guardião espanhol conseguiu fazer o desvio.

O jogo apresentado pelo Sporting não mudava e os adeptos começavam a mostrar o seu descontentamento, perante a falta ofensiva e as dificuldades da equipa em chegar à área. O que contradizia com a facilidade com que o Villarreal conseguia ter posse de bola e transição ao chegar ao corredor lateral esquerdo.

Aos 69 minutos foi a vez de Bas Dost tentar a sua sorte. Raphinha oferece-lhe a bola pela esquerda e o avançado cabeceia ao primeiro poste, mas Andrés Fernandez com uma grande defesa atira a bola para canto.

Já a bater os últimos dez minutos Acunã é expulso, para desespero dos adeptos. O avançado vê o segundo amarelo depois de fazer uma entrada perigosa sobre o adversário que o árbitro não perdoou.

A partida terminou com o triunfo por 1-0 para a equipa espanhola, depois de a claque leonina começar a abandonar a bancada nos minutos de descontos.

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo