FC Barcelona na final da Taça do Rei
Fonte: Record

FC Barcelona na final da Taça do Rei

Real Madrid e FC Barcelona voltaram a medir forças num duelo que carimba a presença de uma das equipas na final da Taça do Rei.

joanacoelho
Joana Coelho

Com Messi a comemorar o seu 40º "El Clássico", Real Madrid e Barcelona disputaram mais uma partida a contar para a meia-final da Taça do Rei, onde o Real partia em vantagem (relembre-se que na primeira volta, em Camp Nou, o jogo ficou empatado 1-1).

Um jogo intenso, que começou logo aos 9 minutos com Messi a romper pelas linhas e a assistir Dembélé, que por sua vez passou para Suárez. O avançado assistiu Sergi Roberto, mas o lateral esquerdo do Real Madrid conseguiu o corte.

Aos 24 minutos foi a vez do Real Madrid desperdiçar o que podia ser a inauguração do marcador. Depois de um cruzamento da esquerda de Benzema, que Alba não conseguiu cortar, Vinícius recupera e atira para uma boa defesa de Ter Stengen. Lucas Vázquez ainda tentou a recarga, mas Busquets fez o corte.

Ao bater do final da primeira parte, surgiram as maiores oportunidades para as duas equipas. Vinícius domina mal a bola e remata contra o redes do Barcelona. O brasileiro consegue ainda recuperar a bola e serve Benzema que recebe com o peito e dispara para uma fantástica defesa de Ter Stengen com o pé. 

Messi mostra o que sabe fazer! Depois de uma sucessão de "tabelas", deixa para Dembélé que finta Carvajal, deixando-o sentado no relvado e cruza, para o corte de Regulión,

Uma primeira parte que ficou marcada por um jogo intenso, embora mais ao ritmo da equipa da casa.

A segunda parte começou e Suárez não esperou mais. Jordi Alba faz um passe de qualidade para Dembélé que, com movimentos pára arranca, consegue enganar o adversário e cruza para Suárez que apenas teve que finalizar. 1-0 para o Barcelona.

O Real Madrid reagiu logo depois e aos 53 minutos Toni Kross remata à entrada da área, mas não mediu bem a força e a bola passou muito por cima da baliza do guardião do Barça. A equipa da casa tentava aumentar o ritmo de jogo à procura do empate, numa altura em que o Barcelona estava com algumas dificuldades no controlo da bola.

Aos 62 minutos Ter Stenger mostra que está atento e volta a fazer uma grande defesa. Vinícius faz um cruzamento de esquerda para o desvio de Regulión que fez Kross voar, para a grande defesa de Stenger.

Mas o Barcelona conseguiu melhorar e aos 69 minutos surgiu mesmo o segundo golo da equipa. Nelson Semedo dá para Dembélé que avança para a área sem fora de jogo e faz o cruzamento para o auto-golo de Varane.

E como não há duas sem três, aos 72 minutos Suárez aumenta a vantagem da sua equipa para 3-0, desta vez por grande penalidade. Suárez estava solto na ala esquerda, entra na área e é travado em falta por Casemiro que vê o cartão amarelo. Suárez é chamado para marcar o penalti e não desperdiça. A eliminatória estava praticamente decidida, numa altura em que o Barcelona já dominava o jogo.

Bale tentou ainda a sua sorte, mas não foi feliz. À entrada da área falha completamente o alvo e estava, também, em posição irregular.

O jogo terminou 0-3 (1-4 no total). A desilusão estava à vista no rosto dos merengues e o Barcelona estava, assim, na final da Taça do Rei.

VAVEL Logo