Benfica agarra a liderança
Fonte: O Jogo

Benfica agarra a liderança

FC Porto mediu forças com o SL Benfica, um jogo que acabou por garantir a liderança dos encarnados.

joanacoelho
Joana Coelho

Fc Porto e SL Benfica entraram em campo apenas com um ponto de diferença e as tentativas de golo começaram desde cedo com Alex Telles de pontapé do meio da rua. Mas Vlachodimos mostrou estar atento e defendeu. Pepe, logo de seguida e num contra-ataque do adversário, fez um corte importante na área.

Aos 5 minutos, Marega fez um cruzamento para Adrián Lopéz, que, mais uma vez, o guardião encarnado defendeu.

O Benfica mostrava um jogo rápido, conseguindo chegar à área portista com alguma facilidade. Porém, a defesa portista estava atenta e conseguia sempre fazer o corte no momento acertado.

E foi ao bater dos primeiros 20 minutos de jogo que o Fc Porto fez os seus adeptos explodirem de felicidade. 1-0 de Adrián Lopéz. O espanhol cobriu o livre com a bola a bater na barreira e na recarga atira de pé direito para o fundo das redes. 

Os encarnados souberam responder muito bem e pouco tempo depois Casillas foi obrigado a fazer uma grande defesa. Pizzi entra na área e remata rasteiro, com o espanhol a defender com os pés.

Aos 26 minutos foi a vez das águias se fazerem ouvir e graças ao suspeito do costume: João Félix. Depois de Casillas colocar a bola em jogo, Gabriel recupera, passa para Seferovic que faz o cruzamento para João Félix que apenas teve que entrar na área e finalizar com classe. 

Uma primeira parte equilibrada e que chegou ao fim com o empate. A equipa da casa entrou melhor em campo, mas o Benfica soube reagir bem ao golo sofrido e conseguiu igualar a posse de bola do FC Porto. 

A segunda parte começou e o Benfica não esperou mais. Rafa Silva aumenta a vantagem aos 52 minutos. Grimaldo chuta para Pizzi, que com um passe de qualidade assiste Rafa Silva que rematou para as redes de Casillas. 

O FC Porto reagiu logo a seguir e Brahimi tentou a sua sorte, mas viu a bola atingir a barra da baliza encarnada. 

A segunda parte do clássico ficou marcada pela expulsão de Gabriel por acumulação de amarelos. Casillas repôs a bola em jogo e Otávio saiu para o ataque, sendo travado por Gabriel com um puxão de camisola. O jogador encarnado vai pedir explicações ao portista e a confusão instalou-se, acabando Gabriel por ver os dois cartões amarelos (um pelo puxão de camisola e outro pelas palavras) e Otávio por ver, também, um cartão amarelo. O Benfica ficava, assim, reduzido a 10 jogadores.

Os minutos finais foram dominados pelo FC Porto na tentativa clara de agarrar o empate, mas a partida acabou mesmo por dar a vitória ao SL Benfica que passa assim para a liderança do campeonato, separado por dois pontos do rival.

VAVEL Logo